Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
Craque

José Aldo fica nu para bater peso e dispara: Cinturão vai ficar aqui!

Na primeira tenativa o lutador amazonense não bateu a marca e teve de tirar a roupa para alcançar a pesagem correta. Depois de alcançar os 65,8kg o campeão dos penas pediu aos fãs que ficassem tranquilos quanto a mais uma vitória



1.png Aldo e Mendes mantiveram uma distância segura durante a encarada no UFC rio 5.
24/10/2014 às 19:55

O clima durante a pesagem do UFC Rio 5, desta sexta-feira (24), no ginásio do Maracanãzinho, foi tranquilo em relação a expectativa do público que esperava uma encarada mais tensa entre os lutadores José Aldo e Chad Mendes. Ambos bateram o peso de 65,8kg (limite da categoria) e fizeram um discurso confiante para a revanche deste sábado (25). O brasileiro foi enfático em afirmar que não perde o cinturão enquanto o norte-americano disse que não vai errar de novo.

Diante do presidente do Ultimate, Dana White, campeão e desafiante mantiveram uma distância segura e evitaram uma encarada mais forte. Como a que ambos proporcionaram em dos camarotes do Maracanã no dia 26 de agosto quando tiveram que ser contidos por seguranças para que não começassem a disputa do cinturão dos penas antes do previsto.

José Aldo subiu as escadarias para a pesagem correndo mostrando bastante empolgação diante dos torcedores. No entanto, o amazonense não bateu o peso na primeira tentativa e teve de tirar toda a roupa para alcançar a marca de 65,8kg. Encoberto por uma toalha Aldo, mas com o semblante tranquilo, o campeão se dirigiu aos fãs afirmando que vai manter o título lutando no País.


“Assim como ele (Chad Mendes), muitos tentaram. Podem ficar tranquilos que esse cinturão vai ficar aqui. Amanhã conto com a presença de todos. Fiquem tranquilos, esse cinturão não vai sair daqui. Um grande beijo a todos”, comentou o campeão dos penas.

Vaias ao desafiante

Primeiro a se pesar, o norte-americano Chad Mendes foi recepcionado pelos torcedores no Maracanãzinho por uma enxurrada de vaias. Mantendo o discurso provocador, o desafiante pediu para que a torcida gritasse mais alto e foi prontamente atendido. Após a pesagem e a tradicional encarada, os lutadores não se cumprimentaram e seguiram para a coletiva de imprensa.

Chad continuou afirmando que não é mais o lutador de dois anos atrás, quando foi nocauteado pelo brasileiro no mesmo UFC 142, também realizado no Rio de Janeiro. “Muita coisa mudou. Vi os erros que cometi na primeira luta. É difícil falar tudo o que mudou. Corrigi os erros e estou pronto para essa nova batalha”, disse o desafiante.

O UFC Rio 5, ou Ultimate 179, acontece neste sábado, a partir das 19h (horário de Manaus), no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. Confira o cartel de lutas da noite:

Card completo
Peso-pena (até 65,8kg): José Aldo (65,8kg) x Chad Mendes (65,8kg)
Peso-meio-pesado (até 93,4kg): Glover Teixeira (93kg) x Phil Davis (93kg)
Peso-meio-pesado (até 93,4kg): Fábio Maldonado (93kg) x Hans Stringer (93,4kg)
Peso-pena (até 66,3kg): Darren Elkins (65,8kg) x Lucas Mineiro (66,2kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Diego Ferreira (70,8kg) x Beneil Dariush (70,8kg)

Peso-meio-médio (até 77,6kg): William Patolino (77,1kg) x Neil Magny (77,6kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Yan Cabral (70,8kg) x Naoyuki Kotani (70,3kg)
Peso-mosca (até 57,2kg): Scott Jorgensen (58,1kg) x Wilson Reis (56,7kg)
Peso-pena (até 66,3kg): Felipe Sertanejo (66,2kg) x Andre Fili (66,2kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Gilbert Durinho (70,3kg) x Christos Giagos (70,8kg)
Peso combinado (até 71,7kg): Fabrício Morango (71,7kg) x Tony Martin (71,2kg)

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.