Domingo, 15 de Dezembro de 2019
Craque

Joseph Blatter ficou ‘chocado’ com comentários racistas de ex-treinador de times italianos

Técnico teria dito que há muitos jogadores ‘de cor’ nas divisões de base do futebol italiano. "Orgulho e dignidade não é questão de cor da pele. Pare com isso", escreveu o presidente da Fifa



1.jpg Presidente da Fifa desaprovou as declarações do técnico italiano
18/02/2015 às 10:03

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse ter ficado chocado com os comentários de Arrigo Sacchi, ex-treinador do AC Milan e da Itália, que supostamente se queixou do número de jogadores negros no futebol juvenil italiano.

"Orgulho e dignidade não é questão de cor da pele. Chocado com os comentários de Arrigo Sacchi. Pare com isso", escreveu Blatter no Twitter.



Sacchi, que liderou o Milan em sucessivos títulos da Taça da Europa, em 1989 e 1990, e levou a Itália à final da Copa do Mundo de 1994, supostamente fez os comentários durante um evento.

"A Itália não tem nenhuma dignidade ou orgulho. Não pode estar certo ver equipes com 15 estrangeiros", afirmou ele, segundo a imprensa italiana.

"Eu certamente não sou racista e minha história de treinador mostra isso. Mas acompanhar o torneio (juvenil) de Viareggio me leva a dizer que há muitos jogadores de cor também nas seleções jovens", disse ele.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.