Publicidade
Esportes
Craque

Judoca amazonense Rafaela Barbosa é convocada para seletiva pré-olímpica

Atleta amazonense comemora bom desempenho nas competições e tem grandes chances de representar o país 14/11/2013 às 19:10
Show 1
Rafaela é só alegria pela convocação
ACRÍTICA.COM ---

A amazonense Rafaela Barbosa, 20, vive novamente a euforia de uma convocação pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ). A judoca do Centro Esportivo Dom Bosco é uma das principais candidatas ao pódio na seletiva pré-olimpica que acontece dias 13 e 14 de dezembro no Clube de Regatas do Flamengo, no bairro da Lagoa, Rio de Janeiro, com vistas à Olimpíada 2016.

Rafa disputará a categoria meio-leve (até 52 quilos), parada duríssima tendo em vista que é uma das mais difíceis em razão do nível técnico das atletas. Das sete convocadas no peso pela CBJ, Rafaela já venceu cinco. As maiores rivais da categoria da amazonense são Jéssica Pereira (Instituto Reação/ RJ) e Eleudis Valentim (Pinheiros/SP), justamente as duas que a venceram este ano. Mas a atleta se diz confiante, praparada e tem cumprido um rito religioso de treinos que começa às 5h da manhã. “Esse ano eu tive um bom desempenho nas competições que disputei. Sinto que estou bem concentrada, que evolui técnica e fisicamente. Estou com o psicológico muito bom para essa competição”, afirma a faixa-marrom.

Rafaela foi convocada para a seletiva pré-olímpica por mérito, pois competiu em alto nível em algumas das principais competições de 2013. No circuito europeu, a judoca ficou em 5º lugar em Portugal e foi a 3ª colocada na Alemanha. No Brasil, foi a vice-campeã no Brasileiro Júnior (sub-21), em Fortaleza (CE), 3º lugar no Brasileiro Sênior, em Manaus, e novamente a 3ª colocada nas Olimpíadas Universitárias, em Goiânia (GO). “Tive um ano ótimo em termos de desempenho. Essas colocações me fizeram fazer parte dessa seletiva pré-olímpica por indice técnico”, detalha.

Universitária de direito da Unip, onde cursa o 6º periodo, ela tem a única preocupação de treinar para se manter bem preparada e se preservar de lesões.

Publicidade
Publicidade