Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
DISPUTA

Jungle Classic 4 coloca grandes nomes do jiu-jítsu amazonense frente a frente

Luta entre Robert Castro e Gláucio Mendonça promete agitar a noite do dia 1° de novembro



WhatsApp_Image_2019-10-18_at_14.27.07_F5A817C3-7246-4DA2-A90D-955812ECDB5E.jpeg Foto: Winnetou Almeida
21/10/2019 às 14:19

O Jungle Classic, evento que tem como principal finalidade demonstrar a força dos veteranos do jiu-jítsu baré, reunindo sempre o que de melhor tem a arte suave “das antigas”, montou mais um super card para sua quarta edição.

A competição  ocorre no dia 1º de novembro, às 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul de Manaus.



Um dos principais confrontos do card será entre o “casca-grossa” Robert Castro, representando a academia GFTeam Norte Fight, e o renomado Gláucio Mendonça, da Acopajam. 

Os dois prometem eletrizar a noite com o confronto de seus estilos. Robert é faixa preta quatro graus de jiu-jítsu do mestre Paulo Coelho. Aos 42 anos, ele é professor da academia GFTeam Norte Fight.

“Na verdade quem ia lutar com o Gláucio desistiu, e o Bosco (organizador do evento) me ligou, sabendo do meu histórico de lutas. Ele disse que só teria um problema, que meu adversário, o Gláucio, é 10 kg mais pesado que eu. Disse que aceitaria sem problemas”, recorda Robert sobre como recebeu o convite para participar da 4ª  edição do JC. 

Robert também falou  sobre o estilo de luta que vai adotar contra um adversário que possui preferência pela luta em pé.

“Pra mim é um desafio, mas encaro sem medo. Apesar da luta começar em pé, vou pra lutar jiu-jítsu. Tenho grande respeito pelo meu adversário, mas estou muito preparado”, afirmou o especialista no solo. 

Do outro lado, Gláucio Mendonça é um dos maiores nomes do judô nacional, o faixa preta da modalidade possui uma trajetória invejável na arte marcial fundada por Jigoro Kano. Ele acumula diversos títulos internacionais e lidera o projeto social Acopajam, que também “varre” diversos campeonatos de judô. 

Dessa vez, o desafio de Gláucio será desempenhar o melhor jogo possível em uma luta de jiu-jítsu, certamente mesclando as duas artes marciais. 

Apesar de ser especialista na parte em pé, o judoca  teve seus bons momentos também no solo. Nos anos 90, Gláucio chegou a disputar diversos campeonatos locais da arte suave e acumulou resultados expressivos na modalidade. 

Porém, desde 2002 Gláucio tem se dedicado exclusivamente ao judô, e se quiser ter boa desenvoltura no chão, certamente terá que retomar seus treinos de jiu-jítsu.   

News whatsapp image 2019 06 21 at 16.12.51 7cbfadd4 8d2b 47cf a09e 336b83276e71
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

18 Nov
bradesco_C22DD61C-FE71-4FDD-BB1B-A5B7C048EF01.JPG

TRT11 celebra acordo de R$ 1,1 milhão entre Bradesco e ex-funcionária

18/11/2019 às 11:20

A bancária ingressou com reclamação trabalhista contra o HSBC e o Bradesco em novembro de 2016, pretendendo receber o pagamento de diferenças salariais, horas extras, tempo a disposição da instituição financeira durante as viagens, além indenização pelos danos morais sofridos no ambiente de trabalho


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.