Sábado, 20 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Craque

Kléber estreia bem no São Raimundo e espera ajudar o Tufão a soprar forte no campeonato

Estreante no jogo de sábado, contra o Manaus, o atacante que veio do Gavião, do Pará, se destacou na partida e deu o passe para o primeiro dos três gols do Tufão


13/04/2015 às 21:57

A explicação para uma derrota por um placar tão elástico, está em uma série de fatores: Rondinelli, capitão da equipe não jogou devido a uma contusão e Raul estava suspenso. No fim do jogo, “o Rio Negro tinha 10 jogadores de idade de juniores em campo e contra o Fast que é uma equipe estruturada, então a gente sabia que vinha chumbo grosso”, disse Mozart.

No sábado (11), contra o Manaus, o treinador Eduardo Clara colocou em campo os dois reforços do Tufão para a sequência do Barezão: o  volante Paulinho e o atacante Kléber. E em sua estreia, Kléber conseguiu se destacar dentro de campo.

O atacante de 24 anos, começou na base do Paysandu. Ele também jogou no time B e  no time principal do Papão e teve passagens por São José, do Amapá. No começo do ano, Kléber, disputou o campeonato paraense pelo Gavião Kyikateje, clube indígena da cidade de Marabá.

Dentro de campo, o atacante fez jogadas que resultaram em boas chances de gol. Kléber que é de Belém-PA fazia a bola chegar do meio de campo ao ataque, além de ser dele o passe para o primeiro gol do São Raimundo.

“Cheguei e gostei daqui... gostei da  torcida também, que me deu forças pra jogar, cantaram e com tudo isso eu vou sempre dar o meu melhor. Entrei bem e pude ajudar a minha equipe e pude ser feliz de deixar o atacante de cara no gol”, disse.

Kléber chegou a Manaus na quinta-feira e no mesmo dia começou o treinamento para mostrar a que veio desde o início. “Eu comecei a treinar no mesmo dia que eu cheguei aqui porque eu já queria mostrar para quê eu vim”.

O treinador Eduardo Clara contou que Kléber já era conhecido pela comissão técnica.

“A gente já conhecia as características do jogador, então a gente estava atrás de um jogador de velocidade e com boa movimentação. Ele chegou, treinou e nós passamos o plano tático para o jogo. E conforme o planejamento, ele entrou e correspondeu ao que a gente queria um jogador de velocidade movimentação. E com as características dele, ele pode se integrar facilmente ao time”, explicou.


publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.