Domingo, 26 de Maio de 2019
LEÃO SE PREPARA

Lana elogia evolução defensiva do Nacional durante preparação para o Barezão

O técnico Aderbal Lana elogia parte defensiva do time do Nacional, mas precisa definir setor ofensivo da equipe até o início do Campeonato Amazonense



zCR022201_p01_1ED3FF78-0387-40AC-A6AA-FB7B71759D1E.jpg
O técnico Aderbal Lana elogia parte defensiva do time do Nacional, mas precisa definir setor ofensivo da equipe até o início do Campeonato Amazonense. (Foto: Yasmin Feitoza/Freelancer)
21/01/2019 às 21:04

Há menos de duas semanas para o início do Campeonato Amazonense 2019, o Nacional segue seu processo de reconstrução. No comando deste processo, Aderbal Lana já observa pontos positivos no time, mas um setor ainda não agrada o treinador: o ataque.

No domingo (20), o Nacional enfrentou o Manaus em jogo-treino e Lana teve a chance de observar melhor o novo elenco do Leão da Vila.

“Nós tivemos muito pouco tempo para montar uma equipe, nosso orçamento é baixo, mas é um time organizado hoje, em todos os aspectos. Trabalho em cima de um orçamento, trabalho em cima de boa moradia, de boa alimentação, de bons treinamentos, então a equipe tem que evoluir em cima disso. Alguns jogadores que vieram, a dupla de zaga, os laterais, meio campo, muito bom. Foi acima da expectativa no jogo-treino e a parte ofensiva é o que está me gerando um pouco de preocupação, mas isso é natural porque foi o primeiro treino com os onze dentro de campo. Nós praticamente não fizemos praticamente treino tático. Nós tivemos um plano de jogo, um modelo foi passado aos atletas, a parte defensiva cumpriu plenamente, então eu acho que estamos perto de alcançar uma boa equipe dentro da competição estadual”, explicou  Lana.

Mesmo com a parte defensiva ajustada, o treinador do Nacional inicia a semana com a baixa de Guilherme, lateral esquerdo que se lesionou durante o jogo amistoso. Falando em baixa, o objetivo do treinador é aumentar ainda mais o elenco, justamente para evitar que o time sofra com eventuais baixas durante o campeonato. 

Alguns reforços, inclusive, podem vir de um país vizinho. “Nós inclusive estávamos esperando quatro ou cinco jogadores que vinham da Venezuela, que dizem que já jogaram Libertadores da América. A Venezuela sempre tem bons jogadores, se você olhar no mundo todo, sempre tem um venezuelano ou outro nos times grandes. Ficou essa expectativa, até agora não se realizou e eu tenho quinze dias para o início da competição, úteis mesmo devem ser uns dez dias, mas espero que nesses dez dias, a gente tá se mexendo possamos trazer mais uns três jogadores”, completou Lana, que pontuou a necessidade do clube reforçar a lateral, a posição de volante e um jogador de frente que atue mais aberto.

O Nacional estreia no Campeonato Amazonense no dia 3 de fevereiro, diante do Penarol. A partida deve acontecer na Arena da Amazônia.  O Leão da Vila Municipal tem o torneio estadual como única competição do time profissional no ano de 2019 e busca conquistar calendário nacional para 2020 com um bom desempenho neste Barezão. 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.