PREPARADOS

Lana sinaliza que time do Princesa está pronto fisicamente

Técnico do Tubarão falou sobre preparação para o Amazonense e sobre montagem do elenco

Camila Leonel
21/01/2022 às 15:46.
Atualizado em 08/03/2022 às 16:05

(Foto: Divulgação/Princesa do Solimões)

A pouco menos de uma semana para da estreia no Campeonato Amazonense, o Princesa do Solimões ajusta os últimos detalhes para a primeira rodada. O Tubarão do Norte entra em campo dia 2, às 15h30, contra o Iranduba, no Gilbertão, em Manacapuru (a 89 km de Manaus). 

De acordo com o técnico Aderbal Lana, foco na reta final é a parte tática.

“Fisicamente eu acho que a equipe está bem. Agora, taticamente eu estou tendo um pouco de dificuldade, mas espero que até quarta-feira eu consiga achar uma solução aqui”, disse.

O Tubarão do Norte foi uma das primeiras equipes a começar o trabalho para a temporada de 2021. No dia 2 de dezembro a equipe começou a ser montada e realizar as primeiras atividades ao longo do mês. Com a perda de cerca de 10 jogadores em relação ao plantel do ano passado, o técnico Aderbal Lana garimpou pelos campos amazonenses jogadores para o elenco.

“Nós começamos mais cedo os trabalhos, mas esse trabalho no mês de dezembro foi feito mais para uma escolha de jogadores da região. Com isso, fomos montando a equipe mais ou menos nos moldes que fizemos ano passado. E pegamos alguns jogadores de mais idade porque ano passado nós tivemos muitas dificuldades por usar muitos garotos. Pegamos jogadores da seleção de Caapiranga, pegamos um zagueiro de Anamã e completamos o plantel com jogadores regionais, com alguns que já passaram pelo futebol amazonense”, explicou o técnico.

Entre os jogadores mais experientes estão o atacante Edinho Canutama, de 30 anos, o zagueiro Deurick, de 40 anos, e o volante Toró, 33 anos.

Além dos trabalhos físicos, na academia e com a fisioterapeuta do clube, Lana também elogiou a estrutura para trabalhar e espera que em campo o desempenho possa fazer jus ao trabalho.

“O grupo tem uma ótima estrutura e hoje temos um bom campo de treinamento fora da cidade, temos todo um material necessário para o treino, intensificamos os trabalhos físicos e técnicos. Não gosto muito de trabalhar só o lado físico, a gente trabalha o físico e o técnico. Estamos satisfeitos de estar aqui, estou feliz de estarmos trabalhando e passando por essa pandemia, mas as coisas estão acontecendo tranquilamente. Espero que a gente possa fazer um bom início de campeonato. Trabalhar muito não quer dizer que você vai alcançar o objetivo, mas a luta e o trabalho são para isso”, completou o treinador.

No ano passado, o Princesa do Solimões chegou até as semifinais do Campeonato Amazonense. Antes da fase que antecedia a final, o time estava invicto. Foram oito jogos, quatro vitórias e seis empates, mas acabou perdendo a invencibilidade para o São Raimundo e acabou eliminado da competição, justamente quando estava a dois jogos de garantir vaga nas competições nacionais.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por