Publicidade
Esportes
Craque

Lanternagem e pintura: após ‘surra’, Ronda Rousey precisará passar por cirurgia plástica

A queridinha do UFC, nocauteada no sábado (14) por Holly Holm, passará por cirurgia para reparar danos causados na região dos lábios e nariz. Internada a pedido do Ultimate, a ex-campeã do peso galo ainda não foi vista após a derrota 16/11/2015 às 15:07
Show 1
Ronda Rousey deve sofrer cirurgia plástica na boca, após derrota para Holly Holm.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

O pós-luta de Ronda Rousey será tão dolorido quanto os chutes e socos de Holly Holm. Não bastou ter sido duramente derrotada por nocaute no UFC 193, na Austrália, a agora ex-campeão do peso galo do Ultimate terá de fazer cirurgia plástica na boca para reparar os danos dos golpes de sua oponente.

Como norma do UFC, Ronda já teria de ficar internada por ter sido nocauteada na noite de sábado (14). No entanto, os estragos feitos no rosto da musa do MMA foram tão devastadores que a Organização achou melhor a lutadora permanecer em repouso em um hospital de Melbourne e, inclusive, já teria passado pela primeira cirurgia reparatória na boca.

O técnico principal de Ronda, Edmond Tarverdyan, afirmou que o momento é de apoiar sua pupila e dar o todo o respaldo emocional necessário.

“Acho que todos os fãs e pessoas que a amam estão de coração partido. Eu apenas ficarei firme ao lado de Ronda. Não há palavras que possam ser ditas agora. É apenas… ficar firme ao lado dela. É assim que me sinto”, disse o treinador , que se envolveu numa discussão com a mãe de Ronda mês passado, acusado de tratar mal a filha.

Além da boca, existe a possibilidade de Ronda ter de operar o nariz – possivelmente fraturado -, duramente atingido por um chute de Holm. A lutadora norte-americana não foi vista depois da luta e ainda não se pronunciou publicamente, deixando apenas uma mensagem em sua conta no Instagram.

Publicidade
Publicidade