Publicidade
Esportes
Craque

Leão da Vila afia as garras para a estreia na Copa Verde 2015

Nacional venceu o Operário por nada menos que 8 a 1, em amistoso realizado neste sábado (24) no Centro de Treinamento Barbosa Filho 25/01/2015 às 11:26
Show 1
Nacional disputa amistoso contra o Operário
Acritica.com Manaus

Gol de zagueiro, de meia e de atacante. Foram gols de vários ângulos que agradaram não apenas a comissão técnica, mas também a torcida que compareceu em grande número e presenciou o Naça golear o Operário de Manacapuru por 8 a 1, na tarde deste sábado (24), no CT Barbosa Filho.

A partida foi válida como parte da pré-temporada de ambas as equipes. De um lado, o Leão que se apronta para a estreia no dia 08 de fevereiro na Copa Verde. E do outro, o Sapão que disputa a primeira divisão do Campeonato Amazonense em 2015.

Para o Naça, o zagueiro Maurício Leal abriu o placar, o atacante Wanderley marcou um, Hyantony fez três, Fininho deixou seus dois e Thiago Marin finalizou a goleada com mais um. O atacante Imperador diminuiu para o Operário e marcou um.
 
O jogo
O Leão da Vila Municipal começou a partida tocando a bola com muita tranquilidade. Logo aos 5 minutos, o meia Thiago Marin cobrou escanteio na cabeça do zagueiro Mauricio Leal que completou para a rede, 1 a 0 Naça, que continuou atacando e com a posse de bola, o Operário foi presa fácil para o Leão.

A equipe do técnico Sinomar Naves continuou tendo chances de ampliar o marcador, tanto que, aos 25 minutos, João Rodrigo chegou à linha de fundo e tocou para traz e o atacante Wanderley não perdoou e completou para o gol, ampliando para 2 a 0.
O atacante Hyantony de cabeça e de novo Wanderley perderam outras grandes chances de aumentar o placar antes do fim do primeiro, mas a primeira etapa acabou com dois gols de vantagem para o Nacional.

Segundo tempo e show de gols
Na volta do intervalo, o Nacional fez uma alteração, na lateral direita saiu João Rodrigo para entrar Peter.  Ainda no início do segundo tempo, aos 2 minutos, Andrezinho invadiu a área pela esquerda e foi derrubado. O árbitro marcou pênalti. O artilheiro Hyantony bateu e converteu 3 a 0 Naça. Um minuto depois, outro pênalti para o Nacional, desta vez, o meia Fininho bateu e fez o quarto.

O Operário demonstrava cansaço e falta de entrosamento, tanto que aos 15 e 18 minutos Hyantony marcou e chegou a três gols no jogo, destaque para o terceiro gol do artilheiro, onde Peter deu passe para o goleador da tarde só botar para o fundo da rede, 6 a 0 Nacional.

Aos 22 minutos, o meia Fininho fazia fila na zaga do Operário mas foi parado com falta dentro da área, novamente, e mais um pênalti para o Nacional. Na cobrança, Thiago Marin e o resultado: bola para um lado e goleiro para o outro, 7 a 0 para o Leão.
 
Com o placar, o técnico Sinomar Naves resolveu mexer mais no time. Várias substituições foram realizadas e o Naça só melhorava em campo, aos 32 minutos, Weverton achou Fininho no meio campo, livre, que avançou, chutou forte e rasteiro de fora da área, no cantinho do goleiro Vitor somente olhou a bola entrar, 8 a 0 para o Nacional.

Toque de bola

O Leão passou a tocar bem a bola, esperando o fim do jogo e aos 43 minutos, o Operário fez o gol de honra num pênalti, Imperador bateu e converteu.

A partida terminou 8 a 1 para o Naça e serviu para a equipe de Sinomar Naves se preparar ainda mais para a temporada em 2015 quando o Leão disputa a Copa Verde, Copa do Brasil, Campeonato Amazonense e Série D.

Publicidade
Publicidade