Publicidade
Esportes
Craque

Leão x Raposa: a estreia de Hernane Brocador no Sport contra o Cruzeiro

Atacante está na Ilha do Retiro há três meses e pode ser a novidade do Rubro-Negro pernambucano no duelo contra o time de Vanderlei Luxemburgo. Melhor mandante do Brasileirão, o Sport tenta a oitava vitória em casa 31/07/2015 às 17:48
Show 1
O Brocador pode estrear na Arena Pernambuco contra o Cruzeiro.
Denir Simplício Manaus (AM)

Sport e Cruzeiro fazem a última partida da 16ª rodada do Brasileirão às 17h30 (de Manaus), na Arena Pernambuco, e por coincidência todas as expectativas estarão voltadas não só para o duelo entre Leão e Raposa, mas também para a estreia de Hernane Brocador.

O atacante, que está há três meses treinando na Ilha do Retiro, finalmente foi regularizado junto à CBF e está  liberado  para o confronto com o Cruzeiro. Como não pode contar com o meia Élber, que pertence a Raposa e, por força de contrato, não pode entrar em campo contra o ex-time, o técnico Eduardo Baptista abriu a disputa por uma vaga entre os titulares. Com isso, as chances de Hernane  iniciar jogando são grandes.

Durante os treinos na semana, Baptista  testou o Brocador no ataque e puxou  André para o meio-campo. Outra mudança com a entrada de Hernane é no posicionamento do meia Diego Souza, que recuou e se tornou quase um volante. Em outra parte dos treinos, o comandante do Leão da Ilha do Retiro sacou Hernane e promoveu a entrada do meia Régis, jogador que mais se aproxima  das características de Élber. O volante Wendel também pode pintar no time principal do Sport.   

Raposa reforçada

Assim como aconteceu na derrota para o São Paulo na última rodada do campeonato, o Cruzeiro segue indefinido para a partida contra o Sport. Na 13ª posição no Brasileirão, a Raposa ainda não achou o time ideal na competição. Trabalho para o treinador Vanderlei Luxemburgo, que voltou a mudar o time e testou a equipe com três volantes durante a semana: Charles, Willians e Alisson, esse último foi  a novidade da vez.


Sem poder contar com os laterais Fabrício, suspenso, e Ceará, lesionado, Luxa escalou Mayke e Mena como os substitutos. O meia-atacante Marinho atuou na ponta-direita, enquanto Vinícius Araújo se posicionou  isolado  na frente.

“É uma nova formação, nos dois últimos anos estávamos acostumados a jogar com dois volantes. É uma formação que, se conversarmos e encaixar, vai dar muito certo”, avaliou Alisson, que tomou a vaga do meia Willian. Toda a precaução é pouca para encarar a sensação do campeonato. O Sport é o melhor mandante do Brasileirão e a Raposa vence fora de casa há quatro jogos.


Publicidade
Publicidade