Publicidade
Esportes
SÉRIE D

Lecheva vê resultado como anormal e crê que Naça pode voltar à briga por vaga na 2ª fase

O treinador do Nacional falou sobre a derrota para o São Raimundo-PA e a estratégia para corrigir os erros do time na última partida: treinar mais finalizações 07/05/2018 às 14:55 - Atualizado em 07/05/2018 às 15:03
Show foto treinador
Foto: Antônio Lima
Camila Leonel Manaus (AM)

O Nacional perdeu a segunda partida na Série D do Brasileiro e ocupa a lanterna do Grupo A3 da competição. Assim como no jogo com o Real Ariquemes, a partida contra o São Raimundo-PA foi cheia de gols perdidos pelo Naça. Após a partida, o técnico Lecheva falou da estratégia para corrigir os erros do time na tarde desse domingo (6): treinar mais finalizações.

“Falta melhorar a finalização. Nós criamos oportunidades, não tem como a gente esconder isso, mas a gente fica chateado com a derrota. O adversário teve uma bola no gol e nós finalizamos sete, oito vezes e não fizemos o gol. Temos que trabalhar mais a finalização. Temos que trabalhar, não tem outro remédio para melhorar esse índice”, explicou.

Além das dificuldades para acertar os chutes a gol, o time ainda teve outro problema: o meia Michel se machucou após as três alterações feitas e o time jogou com um a menos no fim. Lecheva ainda explicou a opção de trocar um zagueiro por outro ao tirar Gui Gui para pôr Zé Antônio. “O Zé Antônio tem uma boa bola parada e é do mesmo nível então nós ganharíamos na bola parada já que tivemos muitas faltas”, explicou.

Tranquilidade

A somatória da derrota com os erros de finalização irritaram a torcida do Nacional que reclamou muito após a partida. Lecheva foi um dos mais cobrados, mas o treinador manteve a tranquilidade e prometeu a mesma pegada no trabalho durante a semana.

“Normal, isso faz parte. Essa cobrança não ajuda, isso é fato, mas a gente sabe que essa cobrança não é de hoje. A torcida está impaciente não pela Série D, isso vem desde o estadual, de temporadas passadas. Fizemos um jogo para vencer, mas não podemos errar tanto também”, explica.

Quanto à posição do time na tabela, o técnico ponderou que ainda não é o fim do mundo para o time. Três pontos atrás do líder, Lecheva acredita que uma vitória na próxima rodada possa colocar o time de volta na disputa de uma vaga para a próxima fase.

“Temos que ter um pouquinho mais de calma e de tranquilidade até pela sobrecarga que fez mal aos atletas na hora de finalizar, já que alguns vêm desgastados do estadual. Estamos a três pontos do primeiro colocado e a um da zona de classificação e do mesmo jeito que eles venceram aqui, nós podemos muito bem conseguir três pontos e voltar para a briga. Não posso dizer que encaro esse resultado como normal porque foi uma derrota em casa e ficamos chateados e a gente entende o torcedor até certo ponto, mas temos tudo para reverter isso e conseguir uma vitória no próximo jogo”, finalizou.

Na próxima rodada, o Nacional volta a enfrentar o São Raimundo, mas no Colosso do Tapajós, em Santarém. A partida será no domingo (13) às 15h (horário de Manaus).

Publicidade
Publicidade