Publicidade
Esportes
Craque

Léo Paraíba disse que Lana, ex-técnico do Naça, precisa respeitar mais o adversário

Ex-jogador do Nacional não gostou dos comentários feito pelo treinador Aderbal Lana nas finais do Campeonato Amazonense contra seu ex-time, o Princesa do Solimões 11/08/2015 às 11:18
Show 1
Léo Paraíba pediu para o técnico Aderbal Lana respeitar o adversário
Anderson Silva Manaus (AM)

Campeão amazonense com o Nacional em 2014 e vice-campeão Estadual com o Princesa do Solimões neste ano, o atacante Léo Paraíba mais uma vez teve o reencontro com o Nacional e com o técnico Aderbal Lana. Se nas últimas partidas, o jogador que hoje veste a camisa do Remo, não tinha vencido o Leão amazonense, desta vez com a camisa do Leão paraense conquistou a vitória em cima do rival.

Foram quatro jogos com a camisa do Princesa do Solimões contra o Naça, e em todas elas Léo Paraíba levou a pior. Mas a última delas, na final do Estadual, o agora atacante do Remo ao final do jogo fez questão de mandar recado para o técnico nacionalino, Aderbal Lana.

“Futebol se ganha dentro de campo, ele (Lana) fala muito. Um treinador rodado como ele falar o que ele falou do Princesa... Já que ele falou que não tinha medo do Princesa, por que tanto ele ia olhar nossos jogos? Por que ele sempre vinha do meio para trás? Os jogadores nos respeitavam, mas ele não respeitava”, declarou o jogador, ao final da partida em que o Remo venceu o Nacional na Arena, e continuou.

“Depois que o Lana foi campeão ele disse que já sabia (que seria campeão). Isso não existe. Todos os jogos ele vinha atrás da linha da bola, e se não fosse o Rodrigo Ramos a gente podia ter metido uns três e quatro na final. Não é porque estou no Remo, agora. Mas ele precisa respeitar, tanto é que depois do jogo da final coloquei isso nas minhas redes sociais”, desabafou o jogador, que por pouco não marcou gol na Arena da Amazônia e saiu com dores no tornozelo direito, depois um chute forte que passou próximo do gol do Naça.

Publicidade
Publicidade