Domingo, 17 de Outubro de 2021
FÓRMULA 1

Lewis Hamilton testa positivo para covid e está fora do próximo GP

Lewis, que conquistou o título mundial da F1 pela sétima vez há algumas semanas, se submeteu a um teste de diagnóstico e o resultado foi positivo.



000_8W97KG_6E0D6717-B3AB-4C98-B567-50B5419514FE.jpg (Foto: AFP)
News thumb afp d084093c bf21 4ede 853c 0cfb6068260d AFP
01/12/2020 às 11:21

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) testou positivo para o novo coronavírus e está fora do Grande Prêmio de Sakhir, no Bahrein, no próximo fim de semana e é dúvida para a última prova da temporada, em Abu Dhabi, anunciaram nesta terça-feira (1) sua equipe e a Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

"Ele acordou na segunda-feira com sintomas leves e, ao mesmo tempo, foi informado de que uma pessoa com a qual teve contato antes de chegar ao Bahrein (na semana passada) testou positivo", afirmou a Mercedes em um comunicado. 



"Estou devastado porque não posso correr neste fim de semana. Desde que começamos em junho, a equipe e eu tomamos todas as precauções possíveis, seguindo todas as normas em cada lugar com o objetivo de estar seguros", destacou Hamilton em um comunicado.

Lewis, que conquistou o título mundial da F1 pela sétima vez há algumas semanas, se submeteu a um teste de diagnóstico e o resultado foi positivo. "Ele se sente bem", completou a equipe. 

"No momento, ele está isolado", informou a FIA em um comunicado oficial, no qual afirma que os procedimentos sanitários estabelecidos fazem com que o diagnóstico não tenha grande impacto na prova do fim de semana.

"Infelizmente, após três testes negativos na semana passada, ontem acordei com alguns sintomas e testei positivo. Entrei em isolamento durante 10 dias", afirmou o campeão.

O nome do piloto que substituirá Hamilton na prova do próximo domingo ainda não foi anunciado. A Mercedes tem dois pilotos reserva: o mexicano Estaban Gutiérrez e o belga Stoffel Vandoorne.

Com o título de campeão mundial de 2020, Hamilton alcançou a marca de sete, um recorde que divide com o alemão Michael Schumacher.

No domingo passado, o britânico venceu o Grande Prêmio do Bahrein. No próximo fim de semana será disputado o GP de Sakhir de Fórmula 1, também no circuito internacional do Bahrein.

O protocolo de saúde da F1 prevê  teste de detecção antes de um fim de semana de corrida, nas primeiras 24 horas no circuito e, depois, a cada cinco dias quando os GPs acontecem de maneira consecutiva, como é o caso atual, com três provas em três semanas, duas no Bahrein e uma em Abu Dhabi, a última da temporada.

Os funcionários das equipes e demais participantes do 'circo' da F1 estão separados em bolhas o mais isoladas possíveis, para limitar o risco de contágio. Os casos positivos são imediatamente isolados.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.