Terça-feira, 21 de Maio de 2019
Craque

Liberado: Paolo Guerrero é regularizado e pode reforçar o Flamengo contra o Internacional

Nome do atacante peruano, que estava com a seleção do Peru na Copa América, apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e está em condições de estrear com a camisa rubro-negra na próxima quarta-feira (8) contra o Colorado 



1.jpg
Paolo Guerrero já vestiu a camisa do Mengo no Chile, mas falta estrear com o Rubro-Negro no Brasileirão.
03/07/2015 às 11:00

Um reforço mais do que esperado. O peruando Paolo Guerrero está liberado para entrar em campo com a camisa do Flamengo. O nome do jogador apareceu no BID da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na manhã desta sexta-feira (3) e o atacante já pode estrear pelo Rubro-Negro na próxima quarta-feira (8), contra o Inter, no estádio Beira-Rio, pela 12ª rodada do Brasileirão.

O atacante da Seleção do Peru ainda joga nesta sexta-feira (3) pela equipe peruano contra o Paraguai na Copa América. A expectativa da diretoria do Flamengo é que o jogador seja apresentado na segunda-feira (6), na Gávea e já treine com o restante do elenco pela parte da tarde. Neste domingo (5), o Rubro-Negro recebe o Figueirense, no Maracanã, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro tentando fugir das últimas posições no torneio.


A estreia de Guerrero no Flamengo é dada como certa no estádio Beira-Rio contra o Internacional. A questão é quando o peruano atuará diante da Massa Rubro-Negra. O departamento de Marketing do Fla ainda não definiu o jogo de lançamento do novo camisa 9 da Gávea. O próximo compromisso do Mengo no Rio é justamente contra o Corinthians, ex-clube de Guerrero.

Entrave entre Mengo e Timão

Um “acordo de cavalheiros” definiu que tanto Paolo Guerrero, como Emerson Sheik – ambos contratados junto ao Corinthians – não entrariam em campo contra seu ex-clube. No entanto, como está em situação difícil no campeonato, a diretoria do Flamengo estuda uma maneira de colocar os dois jogadores em campo diante do Timão no dia 12 de junho.

Os dirigentes da Gávea propuseram não utilizar a dupla na partida do segundo turno quando o mando de campo será do Corinthians. A diretoria do Timão não vê a proposta com bons olhos e o presidente da equipe paulista se pronunciou contra.


“Essa questão estava definida com os atletas. Por mim está definido. Existe multa no meu contrato com o atleta, não é entre Corinthians e Flamengo. Entre Corinthians e Flamengo é acordo de cavalheiros. No contrato de rescisão dos dois atletas, aí sim existe multa”, disse Roberto de Andrade, presidente corintiano.

Pelo lado do Flamengo, o presidente Eduardo Bandeira de Mello disse que não tem nada definido ainda e que existe a chance de um acordo entre ambas as partes.

“ Não tem nada definido. Se pudermos fazer uma coisa que seja boa para o Flamengo e para o Corinthians, e se eles aceitarem, faremos. Se não quiserem, vamos compreender também”, comentou.

Se o cavalheirismo entre Flamengo e Corinthians persistir, a estreia de Guerrero diante dos flamenguista deverá ficar para o dia 18 de julho (sábado), quando o Mengo recebe o Grêmio, no Maracanã, pela 14ª rodada do Brasileirão. 



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.