Domingo, 25 de Agosto de 2019
RUMO AO ACESSO

Há seis meses longe de casa, treinador do Manaus vive momento decisivo

O elenco esmeraldino realizou o primeiro treinamento em solo baré, após jornada no sul do país, no jogo de ida das quartas de finais da série D, contra o Caxias-RS



zCR0218-01_p01_7D02794D-4667-4E06-94DF-6F1BB315FA0C.jpg Foto: Márcio Silva/Freelancer
18/07/2019 às 16:11

Restando dois dias para o jogo do acesso contra o Caxias-RS, o Gavião do Norte, enfim, realizou treino em solo baré. Na tarde de quarta-feira  (17), na Arena da Amazônia, o treinador Welington Fajardo  teve como foco jogadas áreas e cobranças de pênaltis. 

Fajardo, que é natural de Juiz de Fora (MG), disse viver o momento mais importante de toda a carreira como treinador e destacou que, apesar de estar há dois meses sem ver a família, segue focado na conquista do acesso pelo clube amazonense.

“Nós estamos focados no que temos que fazer, buscar sempre bom envolvimento dos atletas em trazer novamente pro Amazonas um cenário diferente pro futebol. Estou cinco meses longe de casa, estou dois meses sem ver minha família. Então só me resta juntar todas as minhas forças, juntamente com todos aqueles que estão envolvidos, pra buscar essa tão sonhada classificação. Cada um dentro da sua função vai somar muito esforço pra conseguir esse objetivo”, declarou o comandante.

A expectativa é de grande público no sábado (20), na Arena. E Fajardo revelou que conta com o apoio da torcida no duelo decisivo com o Caxias. 

“A torcida do Manaus é uma torcida diferente porque ela apoia os 90 minutos do jogo, e eu conto que ela lote essa Arena. A torcida não faz gol, mas nos ajuda a fazer porque a gente sente algo, pela emoção que ela passa, pelo apoio”, ressaltou o técnico.

Baixa no Gavião

Alegando problemas familiares, o meio campo Jean Carlos deve acertar hoje (18) sua saída do Manaus FC. A baixa vem às vésperas do jogo mais importante do ano pro Gavião. O volante não participou do treino de ontem(17), e o presidente do clube, Giovanni Silva confirmou a informação.

“O Jean Carlos conversou comigo e falou que não estava mais com cabeça pra continuar no elenco porque ele está com um problema de família em casa. O avô  precisa dele, e também tem os seus familiares”, explicou o mandatário.

Natural de Vazante (MG), Jean Carlos  chegou ao Manaus ano passado, onde disputou um total de 32 jogos, marcou cinco gols e conquistou o Barezão 2019. Na série D deste ano, o jogador ficou na reserva, mas entrou em oito partidas, e anotou dois gols na vitória do Manaus por 5 a 2 diante do Galvez-AC, no  dia 11 de maio, pela fase de grupos do torneio.

Receba Novidades

* campo obrigatório
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.