Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Craque

Lutador Amazonense, campeão mundial de parajiu-jitsu, diz que o esporte o ajudou a superar barreiras

Alex Taveira, lutador de parajiu-jitsu participou de uma feira, em São Paulo, onde contou sua experiência para outras pessoa com deficiência


14/04/2015 às 21:42

“O esporte me trouxe qualidade de vida e me incluiu. O esporte acabou com aquela do ‘eu acho’, do ‘será que eu posso lutar de igual para igual?’e graças ao jiu-jitsu eu consegui me incluir no esporte. O ‘será que eu posso?’ deixou de existir e agora só existe o ‘eu posso’”.

Esse é o relato de Alex Taveira de Lira, paratleta faixa-preta de jiu-jitsu. Alex, que possui uma deficiência congênita na perna direita (quando algum órgão do corpo humano não se desenvolve por completo) e pratica a “arte suave” desde os 11 anos de idade. Alex, que hoje tem 29 anos, foi campeão mundial da categoria galo e absoluto no campeonato mundial de parajiu-jitsu realizada no mês de novembro do ano passado, em Santo André, São Paulo.

Entre os dias 9 e 12 de abril, o lutador participou da Feira Internacional de Tecnologias em reabilitação, Inclusão e Acessibilidade (Reatech) ondês expôs suas experiências com o esporte.

“Foi profundo  conhecer aquelas pessoas. Eu  uso uma muleta e troquei minhas experiências que com as pessoas que estavam lá. Além de mim, estava o Daniel Dias (campeão olímpico de natação) e viramos celebridades. Tinha um garotinho lá que usava próteses e o sonho dele era ser lutador de MMA e quando ele viu as demonstrações de golpes, ele ficou bem animado”, disse.

O atleta treina na academia Team Taveira, que recebeu durante a Reatech um certificado da Confederação Brasileira Paradesportiva de Jiu-Jitsu, um certificado de aptidão do ensino do jiu-jitsu para pessoas com deficiência. Alex conta que, na academia, já treina dois deficientes visuais e uma pessoa com paralisia cerebral. Um dos atletas que é cego, irá participar do Campeonato Amazonense de Jiu-Jitsu convencional, provando que para o esporte, não há limitações.


publicidade
publicidade
Câmara Municipal deve criar comissão para defender Zona Franca de Manaus
Motoristas do Amazonas vão poder parcelar IPVA atrasado em até 12 vezes
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.