Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
Craque

Lutador do UFC Ronaldo Jacaré recebe homenagem da Prefeitura de Manaus

Capixaba radicado em Manaus, lutador Jacaré foi homenageado por representar o esporte do Amazonas para o mundo. Ele ainda participou de um "aulão" com 200 crianças de uma escola na Zona Norte da cidade



1.jpg A entrega da placa de homenagem ocorreu na sede da Câmara Municipal de Manaus
30/09/2013 às 21:52

Com a vestimenta bem diferente da habitual, de terno e gravata, o lutador Ronaldo Jacaré recebeu da Prefeitura de Manaus na manhã desta segunda-feira (30) uma homenagem em agradecimento à dedicação dele ao esporte e por levar o nome da capital amazonense nas competições nacionais e internacionais de artes marciais mistas (em inglês, MMA).

A solenidade de entrega da placa ocorreu na Câmara Municipal de Manaus (CMM), com a presença do titular da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), Fabrício Lima, e dos vereadores Ednailson Rozenha, da Comissão de Esportes da Câmara, Hiram Nicolau, ouvidor da CMM.

“Em agradecimento por sua dedicação ao esporte e pela divulgação do nome de nossa cidade para todo o mundo”, consta na placa. Ronaldo Jacaré está com 34 anos e começou a vida de atleta treinando judô e jiu jítsu aos 17 anos na Associação Sensei de Lutas Esportivas (ASLE), localizada na avenida Sete de Setembro, no Centro de Manaus.

Jacaré nasceu no Estado de Espírito Santo, mas se intitula “manauense de coração”. Uma proposta em tramitação na CMM, de autoria dos vereadores Rozenha e Nicolau, busca dar o título de “cidadão amazonense” ao lutador.

Emocionado, o capixaba surpreendeu todos no plenário da Câmara ao afirmar que dá próxima vez que voltar à “terrinha” trará o cinturão do peso médio do Ultimate Fighting Championship (UFC), o maior campeonato de MMA do mundo.

“Sou um legítimo e autêntico amazonense. Quero agradecer e dizer que esta homenagem só faz fortalecer meu vínculo com a cidade. Sempre representei Manaus e vou fazer de tudo para sempre representar muito bem. E eu posso demorar a voltar, mas da próxima vez que eu vier aqui trarei o título”, disse.

Juventude

Segundo secretário da Semjel, Fabrício Lima, a placa entregue é uma maneira de agradecer a forma como Jacaré leva o nome de Manaus aos quatro cantos do mundo e por ele ser uma referência para jovens e crianças de todo País.

“O Jacaré há muito tempo se tornou um exemplo, conseguiu superar todos os obstáculos, guardou sua fé e é um vitorioso. Por isso, nada mais justo que fazer uma homenagem a este cara. E assim como ele, e através dele, se não fizermos campeões do UFC, vamos fazer da vida”, disse Lima.

Para o vereador Rozenha, o atleta Jacaré representa o sonho de atletas que vivem em Manaus e estão lutando pelo reconhecimento internacional, além de representar o próprio esporte amazonense para o mundo.

“É uma honra para nós vereadores concedermos esta homenagem ao Jacaré, que representa o que mais esta cidade precisa: autoestima. Sempre quando ele sobe num octógono e defende o nome da Manaus e do Amazonas todos nós subimos com ele”, afirmou o vereador Rozenha.

Já Hiram Nicolau afirmou que o reconhecimento de Ronaldo Jacaré será um incentivo ao esporte e à disciplina para crianças e adolescentes do Amazonas. “Hoje temos centenas de jovens interessados na prática de lutas marciais graças a atletas como Jacaré, que ganharam projeção internacional”, ressaltou.

Visita à escola

Ainda em Manaus, o lutador do UFC fez uma visita a 200 crianças participantes do projeto educacional “Aprender, Conviver e Lutar”, da Escola Municipal Raimundo Teodoro Bottinele, no bairro Riacho Doce (Cidade Nova), Zona Norte da cidade. Na ocasião, as crianças puderam participar do “Aulão com Ronaldo Jacaré”.


“É uma alegria muito grande poder estar com essas crianças e isso não tem preço. Hoje passei o meu melhor para elas, pois se eu tivesse participado de um projeto como este na minha infância, tudo teria sido mais fácil”, comentou o atleta que foi aplaudido e cercado pelos fãs mirins de quatro a 12 anos de idade.

Um dos primeiros a “finalizar” o lutador do UFC foi Cauã Ney Oliveira. No “auge” dos seus quatro anos, o pequeno mostrou desenvoltura. “Adorei ter visto ele hoje aqui. Ele é muito legal e disse para eu finalizá-lo. Sou forte”, disparou Cauã, que é faixa branca em jiu-jítsu e mesmo praticando há apenas oito meses já ostenta três medalhas de ouro, uma de bronze e um troféu.


“Eu sempre digo que o esporte é muito importante na vida de qualquer ser humano e no meu caso, o esporte me salvou. Ressalto também a importância da educação na vida dos jovens. Tenho dois irmãos que conseguiram se tornar pessoas de bem com a educação. Hoje, ambos têm nível superior”, declarou Jacaré.

*Com informações das assessorias de imprensa


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.