Publicidade
Esportes
Craque

Maior critério: Bolsa-atleta municipal só contemplará os convocados para seleção brasileira

Benefício pago pela Prefeitura de Manaus se extenderá aos melhores atletas de cada modalidade, além dos melhores ranqueados. Os atletas terão 15 dias para apresentar os documentos necessários para o recebimento da bolsa  19/08/2015 às 18:21
Show 1
Secretário de esportes do município, Sildomar Abtibol, explicou os critérios para o pagamento do Bolsa-Atleta Municipal.
Denir Simplício Manaus (AM)

Procurando fazer jus ao nome de “Cidade Olímpica”, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude Esporte e Lazer (Semjel) divulgou, nesta quarta-feira (19), os novos critérios para o pagamento do Bolsa-Atleta municipal. O Decreto de Nº 3.159 foi publicado na segunda-feira (18) para regulamentar o Art. 7º da Lei nº 1.595, de 5 de outubro de 2011.

 O titular da Semjel, Sildomar Abtibol, convocou a imprensa para explicar os novos critérios para a continuidade do benefício. Segundo o secretário, as exigências, basicamente, são as mesmas impostas nos anos anteriores. “Os atletas que desejam receber o Bolsa-Atleta Municipal terão de obedecer critérios e ranqueamento. Só serão contemplados aqueles atletas convocados para a seleção brasileira olímpica ou paraolímpica das modalidades”, explicou o secretário.

Abtibol ainda alertou que os atletas terão um prazo de 15 dias, à partir da publicação do decreto, para apresentação da documentação exigida.

“Desde já, os atletas já podem fazer as inscrições. Será feita uma comprovação técnica. Vamos fazer com que as pessoas tragam a documentação necessária para o recebimento do auxílio”, avaliou.

  Ainda segundo Abtibol, até julho passado, 28 atletas receberam o valor de R$ 4 mil referente ao benefício pago pela Prefeitura. Foi reforçado também que, aqueles atletas que forem convocados no ano anterior para comporem a seleção brasileira olímpica ou paralímpica - caso dos paratletas que disputaram o Jogos Panamericanos de Toronto -, terão um abono de R$ 1 mil no valor da bolsa, recebendo assim R$ 5 mil.

Para Abtibol, o Decreto vem trazer maior transparência no pagamento do benefício, que antes não estava bem claro. Com a resolução, além dos convocados, aqueles atletas que estiverem até a quinta posição no ranking de sua modalidade, também terá direito ao Bolsa-Atleta.



Publicidade
Publicidade