Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021
Vitória

Manauara leva a melhor sobre o Tarumã em estreia na série B

Robô goleou o Tarumã por 3 a 0 neste sábado (18), pela rodada de abertura da segunda divisão estadual



WhatsApp_Image_2021-09-18_at_17.39.29_66408A17-DE45-4242-92A4-6B2703890406.jpeg A partida aconteceu no estádio Carlos Zamith (Foto: Gilson Mello)
18/09/2021 às 17:46

Na abertura do Campeonato Amazonense Série B, o Manauara bateu a equipe do Tarumã pelo placar de 3 a 0. A partida aconteceu neste sábado (18), no estádio Carlos Zamith, tendo como artilheiros o meia Stefano e o zagueiro Guilherme Moller - que anotaram na primeira etapa - e já no fim do segundo tempo, Caíque sacramentou o triunfo do Robô na partida.

A partida

O Tarumã optou por jogar num 4-4-2 clássico e logo no início da partida, aos dois minutos, quase abriu o placar. O atacante Paraíba arrancou, ganhou do defensor e bateu no alto, contudo a bola bateu na trave e saiu.

A força do Lobo parou por aí. Após o lance, a equipe do Manauara acordou na partida e desde então, passou a dominar as ações de jogo. Em um esquema ofensivo com dois atacantes jogando pelas pontas, os comandados de Alan George passaram exatamente a explorar os flancos do campo e, foi dessa forma que abriram o marcador.

Aos quatro minutos, Caíque arrancou pelo lado direito e rolou para Lê Santos. O lateral cruzou a meia altura para dentro da área. De primeira, o meia Stefáno abriu o marcador. 1 a 0.

Com o controle do placar, o Robô passou a ditar o ritmo da partida, bloqueando as ações de ataque do Tarumã e desacelerando o jogo. Contudo, mesmo jogando de forma mais cadenciada, o Manauara não perdia o seu poderio ofensivo.

Pelo lado do Tarumã nada dava certo. Aos 14 minutos, perdeu seu goleiro titular, Big, que precisou deixar a partida após se lesionar, dando lugar ao jovem goleiro Raphael. Com poucas forças para reagir, o Lobo do Norte viu o Manauara aumentar a vantagem. Aos 47 do primeiro tempo, Thiago Amazonense bate falta e o zagueiro Guilherme Moller, de peixinho, escora para o gol. 2 a 0.

A segunda etapa teve um ritmo parecido, marcado por faltas. O Tarumã não tinha forças para esboçar reação.

Em ritmo morno, o Robô criou ao menos mais duas oportunidades: uma com Kanela, que parou na trave, e com Caíque, que até balançou as redes, mas por uma irregularidade na origem da jogada, teve seu tento anulado.

No entanto, a 'água no chopp' não impediu que o camisa 11 balançasse as redes. Já no fim do jogo, aos 45 minutos da etapa final,  Caíque faz boa jogada individual e sela a primeira vitória da história do Manauara como uma equipe profissional.

 



João Felipe

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.