Domingo, 21 de Julho de 2019
PRÓXIMA FASE

Manaus bate São Raimundo-PA nos pênaltis e avança na Série D do Brasileiro

O Gavião do Norte venceu por 4 a 3 na disputa de pênaltis e, agora, mira o adversário da próxima fase, que ainda será conhecido.



agora_manaus_fc_dois_94D380B7-25E8-42C5-94E6-D076C2000E8A.JPG Foto: Sandro Pereira/Freelancer
06/07/2019 às 20:01

Na Arena da Amazônia, foi nos pênaltis - e com muita emoção - que o Manaus garantiu a classificação para as quartas de final do Brasileiro Série D. Após bater o São Raimundo-PA por 1 a 0 no tempo regulamentar, o Gavião do Norte venceu por 4 a 3 na disputa de pênaltis e, agora, mira o adversário da próxima fase, que ainda será conhecido.

Ao final da partida, festa dos mais de 4.000 manauaras presentes à Arena. Além disso, muita emoção por parte de jogadores e comissão. Treinador da equipe, Wellington Fajardo já pensa na sequência competição. "Na medida em que o campeonato se afunila, os adversários vão ficando mais difíceis. O que passou, passou. Agora é pensar nas quartas de final", afirmou ao final da partida.

O jogo

Jogando em seus domínios, o Manaus fez valer o fator casa na primeira etapa. Aos dois minutos já eram duas chegadas de perigo à meta paraense, ambas com finalizações de Derlan. Com um São Raimundo-PA acuado, a equipe manauara buscava furar a retranca pelos lados.

E aos 35 minutos, em uma bela jogada pelo lado direito, o lateral Igor foi derrubado na área paraense. Sem exitar, o juiz marcou pênalti para o Manaus. Jogando no sacrifício, Hamilton pegou a bola para bater. Corrida lenta, olhando o goleiro, e bola no fundo da rede. 1 a 0 que tranquilizava a equipe para a segunda etapa.

Porém, com uma postura mais ofensiva, o São Raimundo-PA equilibrou a posse de bola na segunda etapa. Diferente do primeiro tempo, o Manaus não conseguia chegar à meta do goleiro Colaço. Fajardo, buscando recolocar o Gavião no campo ofensivo, mexeu no setor de ataque e colocou Charles e Evair nos lugares de Dolem e Mateus - além deles, Spice saiu por lesão para a entrada de Márcio Passos. Ainda assim, o equilíbrio continuou, embora a equipe visitante não chegasse com perigo ao gol de Jonathan.

Com seis jogadores no banco, o treinador da equipe paraense só mexeu uma vez: Bilau foi a escolha para jogar em cima de Igor, já cansado no final de jogo. Sem sucesso nas mexidas, Manaus e São Raimundo-PA viram a decisão ir para os pênaltis.

Com emoção, a disputa terminou 4 a 3 para os manauaras. Curuá, volante da equipe paraense, foi o responsável pelo primeiro erro da série, ao ver Jonathan defender a sua cobrança. Estrela do Gavião do Norte, Hamilton ainda desperdiçou a sua cobrança. Mas na última batida, Mariano, atacante do Pantera, isolou a bola, deixando a equipe do Manaus com a classificação.

Receba Novidades

* campo obrigatório
News ac1 c11005fb a54c 4884 8608 3c793bab9e30
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.