Publicidade
Esportes
Craque

Manaus depende apenas do aval da Fifa para ser oficialmente sede dos Jogos Olímpicos de 2016

O anúncio aconteceu na manhã desta quinta-feira (12), no Auditório do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de 2016. Presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman confirmou a capital amazonense como apta a receber jogos do torneio de futebol do evento 12/02/2015 às 12:12
Show 1
Arena da Amazônia durante partida válida pela fase de grupos da Copa do Mundo FIFA 2014
Denir Simplício Manaus (AM)

O que todos já sabiam, mesmo que extra-oficialmente, foi confirmado na manhã desta quinta-feira (12) pelo presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, em evento oficial na sede do Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016: Manaus está apta a ser cidade olímpica. Na manhã desta quarta-feira (11), o governador do Estado do Amazonas, José Melo, já havia revelado a notícia, mas somente nesta quinta a capital amazonense recebeu o aval.

“São Paulo, Brasília, Belo Horizonte e Salvador (estão confirmadas como aptas a subsedes). E hoje, depois de um estudo muito grande, o comitê organizador aprovou a cidade de Manaus. Nada no Brasil é mais emblemático do que a Amazônia, ela tem uma repercussão como um dos mais importantes emblemas do mundo", anunciou Nuzman durante evento oficial do COB, no Rio de Janeiro.

Nuzman reforçou que as cidades escolhidas pelo comitê organizador ainda passarão pela aprovação da Fifa para receberem os Jogos. Porém, como Manaus foi uma das cidades mais bem avaliadas durante a Copa do Mundo de 2014, período em que recebeu quatro grandes partidas, a entidade deverá aprovar a capital na competição olímpica.

"Estamos enviando à Fifa e ao governo federal para análise. Foram cidades de sucesso na Copa e com grandes jogos e público", acrescentou Nuzman. Todas as seis cidades pré-aprovadas para os Jogos foram sedes da Copa do Mundo de 2014.

Antes da Copa, jogadores e comissões técnicas das seleções se mostraram preocupados com o forte calor e as temperaturas altas típicas de Manaus. Provavelmente em março a entidade deve anunciar se todas as seis sedes estão aprovadas para o futebol olímpico em 2016.

“Outras cidades do Brasil gostariam (de receber os Jogos). Quero destacar que estivemos juntos com os governadores de São Paulo, Minas, Distrito Federal, Salvador... E hoje temos o prefeito Artur Virgílio e o vice-governador do Amazonas (Henrique Oliveira) aqui conosco", destacou o presidente do COB. Manaus deve receber oito partidas de futebol durante o evento, sendo quatro masculinos e quatro femininos.

Gastos com descentralização

Em relação aos gastos com a distribuição dos jogos do torneio por outras cidadas do País, Nuzman comentou que no momento certo falará sobre a parte financeira do evento. O presidente do COB informou que terá de esperar a Fifa tem um comitê organizador para o futebol olímpico e eles serão responsáveis pela distribuição dos jogos, assim que as sedes forma confirmadas.

O gestor deixou claro que entende que “todos devem ter uma integração do Brasil”, por isso a inclusão de Manaus nos Jogos Rio 2016 deverá ser vista com bons olhos pela Fifa. Questionado justamente sobre uma possível posição contrária da Fifa em relação a capital amazonense, Nuzman afirmou: “O Comitê Organizador não recebeu qualquer comunicação da Fifa a favor e contra qualquer cidade", finalizou.


Publicidade
Publicidade