Publicidade
Esportes
CAMPEONATO AMAZONENSE

Manaus e Holanda não saem do 0 a 0 na Arena da Amazônia, em Manaus

O resultado tirou a chance que o Gavião do Norte tinha de assumir a liderança do Barezão 02/05/2017 às 21:14
Show manaus08888
(Foto: Antonio Lima)
Camila Leonel Manaus

A chuva esfriou os ânimos do embalado Manaus, que empatou em 0 a 0 com o Holanda na noite desta terça-feira (2), na Arena da Amazônia, em Manaus.  O resultado tirou a chance que o Gavião do Norte tinha de assumir a liderança do Barezão 2017. Agora, o time está na terceira colocação.

Já o Holanda termina a rodada na zona de rebaixamento com 15 pontos, um a menos que o Penarol, que venceu o Nacional e foi a 16.

Na próxima rodada, o Manaus enfrenta o Fast na sexta (5), no Carlos Zamith, às 20h. O Holanda volta a campo contra o Penarol no sábado (6), às 16h na Colina.

O Jogo
O Manaus começou o jogo no campo de ataque e o Holanda se defendendo. Os chutes de Juninho e Tiago Amazonense passaram ao lado do gol. Porém, quando a bola foi em direção à meta com o cruzamento fechado de Átila, Douglas estava lá para fechar a meta do Holanda.

O Manaus usava e abusava da bola aérea. Aos 10 minutos, após cobrança de escanteio, He-Man cabeceou, mas Marinho, também de cabeça tirou a bola da pequena área.

As jogadas do Holanda se originavam em jogadas de contra ataque. Aos 16 minutos, a primeira jogada de velocidade do Laranjão. Após ganhar uma bola no meio da área, Romarinho saiu em velocidade e chutou na entrada da área, mas houve desvio e a bola saiu. Aos 39, novamente Romarinho recebeu no círculo central, girou e saiu em disparada sozinho. Entrou na área e chutou, mas Jonathan fez bela defesa.

Apesar das melhores chances serem do Holanda, o Manaus também chegava com perigo. Aos 28 minutos, Wanderley foi cruzar na área e Júlio tentando afastar o perigo, cortou a bola com a mão. Pênalti. Netinho cobrou mal e a bola foi para fora. No fim do primeiro tempo, após cobrança de falta de Netinho, Deurick cabeceou no meio da área, mas Douglas fez bela defesa, mantendo o placar zerado.

Na segunda etapa o ritmo do jogo diminuiu. Muito chutão e poucas chances efetivas de gol. Aos quatro minutos, Binho chutou rasteiro, a bola passou por todo mundo sem que ninguém empurrasse para o gol.

Mateus lançou para a área e Neto pegou de casquinha, mas a bola saiu pela linha de fundo.Aos 20, a primeira chance do Holanda com  Romarinho que partiu no contra ataque e chutou a bola para fora.

Aderbal Lana colocou Hamilton, Neto e Mateus em campo tentando melhorar o ataque, mas não adiantava, o time perdia muitas bolas ou parava na defesa do Laranjão.

O Manaus tentava chegar, mas estava desorganizado e nervoso  em campo. Mateus cabeceou para fora. Negueba recebeu na área, mas  chutou para fora. 

Quando a bola finalmente tocou a rede, após Negueba lançar pra área e Hamilton aproveitar a saída de Douglas, aos 39, o juiz parou o lance e marcou falta de ataque.

O Manaus muito tentou, mas não conseguiu, ficou no 0 a 0.

Publicidade
Publicidade