Segunda-feira, 19 de Abril de 2021
Futebol

Manaus e Penarol definem liderança do grupo A na Colina

Confronto desta quinta-feira definirá os adversários de São Raimundo (1°) e Fast (2°) nas semifinais da Seletiva do Barezão 2020



93b3c4b2-78d6-4937-a342-527f5951f9c4_CA611661-3654-42C1-B2D2-E216027CBC81.jpg Foto: Mauro Neto/FAAR
25/02/2021 às 12:34

Decidindo a liderança do grupo A da Seletiva Barezão 2020, Manaus e Penarol se enfrentam em jogo atrasado da primeira rodada. O duelo acontecerá nesta quinta-feira (25), às 15h30, no estádio Ismael Benigno (Colina). Com duas vitórias em dois jogos, o Gavião do Norte é o líder do grupo, dependendo apenas de um empate simples para se classificar. Para o técnico Luizinho Vieira, é importante poder confirmar a primeira posição. Lembrando que o regulamento não prevê vantagem para o primeiro colocado nas semifinais ou na decisão.

“O próximo jogo vale a liderança, é importante para que possamos confirmar este primeiro lugar. Eu direcionei para os membros da minha comissão técnica que a gente possa trabalhar nos mínimos detalhes em relação aos desgastes dos atletas, precisamos ter um cuidado, colocar uma equipe que possa cumprir função tática no jogo de quinta e também no sábado, pois é a partida que trabalhamos para chegar na classificação, então precisamos ser inteligentes”, definiu o treinador.



Perguntando sobre a qualidade de jogo que a equipe vem apresentando, principalmente após a goleada sofrida nas semifinais da Copa Verde, Luizinho chamou novamente a responsabilidade para a questão física da equipe de disse.

“Sempre o tempo de trabalho vai acabar sobressaindo a qualidade de todos os segmentos, a Copa Verde finalizou, não conseguimos chegar na final da competição, agora temos o Campeonato Amazonense, entramos com algumas dificuldades, principalmente por ter jogos domingo, terça e quinta, tendo que fazer o melhor possível, principalmente da parte física, que é difícil, para poder chegar com uma boa condição nas semifinais do sábado”, concluiu.

Invicto no Campeonato Amazonense desde 23 de fevereiro de 2019, quando perdeu para o Princesa por 2 a 1 na estreia de Welington Fajardo, o Manaus acumula 11 vitórias e 4 empates em 15 partidas.

Com quatro pontos em duas partidas, sendo uma das vitórias um triunfo dominante contra o Amazonas - um dos ditos favoritos da competição -, o Penarol chega para o jogo desta quinta com pinta de zebra. O técnico Edmilson de Jesus respeitou a invencibilidade do Manaus de 15 jogos, mas frisou que o Penarol é capaz de vencer qualquer equipe do Barezão.

“O futebol é levado a sério, cada jogo tem sua história e nós temos ferramentas para vencer qualquer adversário que está disputando essa competição. Agora, isso não significa que vamos vencer todas, temos condições e vamos entrar com o que temos, temos um objetivo e buscaremos sempre a vitória”, disse o treinador do Leão de Itacoatiara.

Mesmo após jogar duas partidas em um curto espaço de tempo atrelado ao fato de ter tido que fazer viagens de Manaus para Itacoatiara e vice-versa, Edmilson destaca que o seu clube ao menos não sofre do desgaste emocional, que isto é um resultado dos resultados obtidos dentro de campo até então.

“Fisicamente depois de duas partidas consecutivas é claro que existe um desgaste, ele é muito pessoal, o contexto emocional, devido aos nossos resultados, nós ficamos felizes, então isso faz com que não tenhamos desgaste emocional”, concluiu Edmilson.

A arbitragem será comandada por Ivan da Silva Guimarães Junior. Ele terá os assistentes: Uesclei Regison Pereira dos Santos e Alexsandro Lira de Andrade. O quarto arbitro será Edmar Campos da Encarnação. Quem ficar com a liderança do grupo A enfrentará o Fast neste sábado, que ficou com a segunda colocação do grupo B após ser derrotado pelo São Raimundo por 1 a 0, na última quarta-feira (24), na Colina.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.