Publicidade
Esportes
SEGUNDA RODADA

Manaus e Princesa se enfrentam na Colina nesta segunda-feira (29)

O Gavião do Norte tenta vencer a primeira no estadual: o time estreou com uma derrota para o Fast. Já o Princesa quer manter o bom começo no campeonato 29/08/2016 às 13:31
Show 14054177 648851375279694 2749386271519531416 n
Gavião quer apagar a derrota na primeira rodada (Foto: Divulgação)
Camila Leonel (Manaus-AM)

Dez dias para refletir, estudar, treinar. Esse foi o tempo que o Manaus teve para colocar a cabeça no lugar após a estreia com derrota diante do Fast. Contra o Princesa, na Colina, nesta segunda-feira (29), às 20h, o Gavião do Norte tentará dar a volta por cima e conseguir a primeira vitória no Barezão.

O treinador Igor Cearense diz que a folga foi importante para o time, mas que mesmo com um intervalo longo entre uma partida e outra, o time não perdeu o foco. Outro fator positivo para o Manaus pode ser a tranquilidade, após passar pela famosa ansiedade da estreia. “A gente está bem focado porque passou a ansiedade da estreia. Infelizmente, veio o resultado negativo, mas foram 10 dias de trabalho de muita intensidade”, disse o treinador.

Sobre o Princesa, Igor Cearense destacou que é uma equipe perigosa, mas que não é impossível conseguir um resultado favorável. 

“É uma grande equipe, que tem um grande treinador. Nossa equipe está focada no treinamento e a condição fisica está quase no ideal. Vamos em busca da vitória, mas o mais importante é pontuar. A vitória é importante, mas quanto mais pontuar, melhor. O Princesa conseguiu o seu primeiro resultado, é um time que joga junta há dois anos, mas é um time que joga e deixa jogar. Quem vai ganhar com isso é o torcedor”, avaliou.

Explicando o trabalho feito durante os 10 dias, Cearense disse que fizeram um trabalho cauteloso. “Trabalhamos essa folga de forma cautelosa conversando, dialogando, descobrindo a forma dos atletas jogarem pra eles se conhecerem mais. A gente tem uma base de quatro a seis atletas o resto está se conhecendo agora. O Princesa tem um contra ataque rápido então vamos explorar o contra ataque a velocidade para sair com um resultado positivo. Vamos respeitar a equipe do Princesa, mas vai ser um jogo que vai ser decidido nos detalhes”, concluiu.

Para a partida, o técnico tem algumas dúvidas na escalação, já que  Bruno Silva, Leo Olinda, Bae e Binho, que estão em processo de recuperação e são dúvida.

Tubarão com o time fechado

O Princesa do Solimões vem de uma vitória sobre o Nacional Borbense e busca a sua segunda vitória no Campeonato. O atacante do Princesa, Edinho Canutama, disse que o time continua fechado em busca de mais um resultado positivo. “A expectativa para esse jogo está boa. O time está fechado e vamos e busca da vitória”, disse.

Visto como um dos times favoritos à briga pelo título - pelo fato de ter jogado a final do Campeonato nos três últimos anos e por ter uma equipe que já tem uma base há algum tempo - o Princesa pode dar trabalho para o Manaus, mas Canutama acredita que essas credenciais não mudará muita coisa quando começar a partida.

O nosso time está jogando há mais tempo junto. Tem essa vantagem também, mas cada jogo é uma história diferente e o time do Manaus é bom”, completou.

Publicidade
Publicidade