Publicidade
Esportes
Craque

'Manaus está no páreo', diz Gesta sobre candidatura manuara para os Jogos Olímpicos

Principal articulador do interesse de Manaus em sediar partidas do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos de 2016, Roberto Gesta reuniu com presidente do comitê organizador das Olimpíadas e garantiu que Manaus está no páreo. 21/01/2015 às 17:59
Show 1
Roberto Gesta ainda não descartou a chance de Manaus sediar os Jogos Olímpicos no futebol.
Felipe de Paula Manaus (AM)

O presidente da Confederação Sul-Americana de Atletismo (Consudatle), Roberto Gesta, refutou a declaração do Secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, de que Manaus estaria fora dos planos da entidade como cidade-sede de partidas do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos de 2016. Em entrevista ao canal SporTV, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Vaclke, descartou a inclusão da cidade como uma das sedes do torneio, justificando que a distância capital amazonense para o Rio de Janeiro descaracteriza a competição.

“Manaus foi uma ótima cidade sede para a Copa do Mundo, mas a idéia dos Jogos Olímpicos é que as coisas não aconteçam longe do Rio de Janeiro. Temos que garantir que os atletas possam ficar na Vila Olímpica, aí você tem um espírito olímpico, tendo um Messi, Neymar e (Roger) Federer, juntos na Vila, uma confraternização de astros. A ideia não é fazer uma nova Copa do Mundo”, finalizou.

O que seria um banho de água fria para quem sonha com Manaus como “cidade olímpica” não atingiu de quem trabalha nos bastidores para emplacar a candidatura da cidade, como o presidente da Confederação Sul-Americana de Atletismo (Consudatle), Roberto Gesta. Amazonense com trânsito nos comitês olímpicos brasileiro e internacional, Gesta é o principal articulador do interesse local em sediar o evento.

Para ele Manaus continua tendo todas as condições de representar a Amazônia numa eventual ampliação no número de sedes do torneio.
“Hoje de manhã eu estive na sede do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos, no Rio de Janeiro, com o presidente do comitê olímpico organizador, Carlos Arthur Nuzman, além do diretor executivo de operações do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) e do diretor técnico dos Jogos Olímpicos e os três me declararam que Manaus tem todas as condições para realizar os jogos”, disse.

Segundo Gesta, o fato de já haverem outras cidades-sede para o futebol olímpico invalida o argumento de que é preciso ter integração entre os atletas. “Quando os jogos vieram para o Brasil, foi dito que eles não seriam só do Rio, mas do Brasil e da América do Sul. É importante que pro Brasil que Manaus seja sede. É o selo da Amazônia”, disse ele.

Ainda segundo Gesta, na próxima semana, o general Marco Aurélio chega a Manaus para uma reunião com o governador José Melo e o Prefeito Arthur Neto justamente sobre a possibilidade de inclusão de Manaus entre as sedes do futebol.

Organizado pela Fifa, o torneio de futebol das Olimpíadas tem cinco sedes (Rio, São Paulo, Porto Alegre, Brasília e Salvador) e pode ter pelo menos mais uma (ou até duas) cidades a mais pelo número de jogos. A decisão deve ser anunciada em fevereiro, mas compete não só a entidade máxima do futebol mas também ao comitê organizador do Jogos. “Eu diria que o peso do comitê organizador é maior. Eles sabem quais são as necessidades, o que o evento requer”, explicou Gesta.

Publicidade
Publicidade