Sábado, 20 de Julho de 2019
FUTEBOL

Manaus FC tenta feito histórico diante do Remo pela Copa Verde nesta quarta (14)

Podendo perder até por um gol de diferença, o Gavião do Norte encara o Leão Azulino, em pleno estádio Mangueirão, para avançar no torneio regional e eliminar de forma inédita o algoz dos amazonenses



a_.JPG Elenco do Gavião pronto pra fazer história em Belém do Pará. Foto: Divulgação/ManausFC
12/02/2018 às 18:34

Quando pisar no gramado do estádio Mangueirão, em Belém, nesta quarta-feira (14), às 19h30 (horário de Manaus), a equipe do Manaus FC carregará uma vantagem jamais imaginada pelo rival, o Clube do Remo. Acostumado a eliminar os representantes amazonenses na Copa Verde em solo baré, o Leão Azulino terá de vencer o Gavião do Norte por três gols de diferença se quiser manter a escrita e não passar vexame jogando dentro de casa.

Um triunfo dos paraenses por 2 a 0, leva a decisão da vaga para as penalidades. Resultados de 3 a 1, 4 a 2, 5 a 3, e assim por diante, dão a vaga ao “Verdão da Capital”.

Sem poder contar com o goleiro Jonathan, em recuperação após o duelo com a Ponte Preta, pela Copa do Brasil, o técnico Wladimir Araújo promove a entrada de Milton Boqueirão, que espera voltar da capital paraense com a vaga à próxima fase da Copa Verde. 

“A gente tem um compromisso muito sério em Belém. Vamos enfrentar uma grande equipe, que é o Remo. Mas estamos preparados. Estou tendo a minha oportunidade de estrear na equipe e, graças a Deus, estou preparado, bem treinado e espero fazer uma ótima partida ajudando a equipe do Manaus. Tenho certeza que se jogarmos da mesma maneira que jogamos esses últimos jogos, voltaremos com a classificação”, pontuou o arqueiro de 34 anos enfatizando que dará o máximo pela equipe contra os paraenses.

“A gente está acostumado com esse tipo de jogo, podem esperar que vou dar meu máximo dentro de campo e tenho muita fé em Deus de fazer um ótimo jogo e trazer um grande resultado de Belém”, concluiu.

Chumbo  grosso

Além da entrada do goleiro Milton, Wladimir Araújo pode promover o retorno do lateral Negueba, que volta de contusão. Mas se no Gavião as mudanças são no setor defensivo, no Leão azulino, as alterações são no ataque. Conhecido do torcedor amazonense, o atacante Elielton “Embuá”, pode ser a arma do Remo contra o Manaus FC. O ex-jogador do Fast  tem treinado entre os titulares do treinador Ney da Matta. 

Autor do gol da virada do Remo no último Re-Pa, Elielton espera resolver mais uma vez a parada a favor dos remistas.

“Entrei bem contra o Paysandu, mas todos os nossos jogadores têm condições de resolver o jogo contra o Manaus. Se eu puder ajudar, vou ficar feliz. Mas, o mais importante é nossa equipe passar pra próxima fase. Independente de quem jogue, se sou eu ou não, o espírito é o mesmo. Mas quem decide quem joga é o professor Ney”, enfatizou o  veloz atacante que vestiu a camisa do Tricolor no Barezão de 2015.

Elielton não foi utilizado no confronto de ida, no dia 31 de janeiro, na Arena da Amazônia, e permaneceu apenas observando o Gavião do banco de reservas. De lá, o atacante nascido em Monte Alegre, no interior paraense, analisou o que o Remo tem de fazer pra reverter a boa vantagem do Manaus FC.

“Acho que devemos impor um ritmo forte pra que possamos fazer os gols e reverter essa vantagem. Vai ser um jogo complicado, um jogo difícil, mas temos a consciência do que devemos fazer pra que nós possamos reverter o resultado de dois gols”, disse Elielton também preocupado com o forte time do Gavião.

“Temos de tomar cuidado principalmente com as bolas aéreas que eles têm jogadores muito altos. Também temos de diminuir os espaços e tomar cuidado com os contra-ataques porque com certeza a equipe do Manaus vai vir fechadinha, esperando um erro nosso”, concluiu o atacante do Remo.

Ficha Técnica

Remo:  Vinícius; Levy, Mimica, Bruno Maia e Esquerdinha; Felipe Recife, Fernandes, Leandro Brasília e Rodriguinho; Elielton e Isac. Téc: Ney da Matta.

Manaus FC:  Milton; T.Granja, Paulão e He-Man(Deurick) e Negueba (Zadda); Panda, Juninho e Hamilton; Cleitinho, Rossini e Nena. Téc: Wladimir Araújo.

Estádio: Jornalista Edgar Augusto Proença, o Mangueirão

Motivo: Jogo da volta da Copa Verde 2018  

Árbitro:  Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS)

Data e hora: quarta-feira (14), às 19h30 pelo horário de Manaus

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.