Quarta-feira, 03 de Junho de 2020
BAREZÃO

Manaus FC vence de virada na estreia da equipe no sub-19

Gol da vitória sobre o Tarumã foi marcado por Jefferson, o 'Tilpity', que garantiu o 2 a 1 no placar e sentiu câimbras na hora da comemoração



WhatsApp_Image_2020-03-07_at_18.19.57_934A963E-C031-42B4-A53B-F1BDD6D7FBDE.jpeg Foto: Deyvid Jhonatan
07/03/2020 às 18:25

Jogando num calor infernal e gol 'doloroso', o Manaus começou o Barezão sub-19 com o pé direito. Pela primeira rodada da competição, o 'Gavião do Norte' virou pra cima do Tarumã neste sábado (7), no estádio Carlos Zamith. O placar foi de 2 a 1, com Wagner e Tilpity marcando para o Manaus. Soniel fez o gol do 'Lobo do Norte'.

Emoção no primeiro tempo



Melhor em campo nos minutos iniciais, o Tarumã conseguiu um pênalti aos 18 minutos, em 'momento de leseira baré' do goleiro Romeu, que com a bola já dominada, atingiu o adversário com o braço dentro da grande área, sendo expulso. Saindo do banco de reservas, o goleiro Júlio César salvou o 'Gavião do Norte', defendendo pênalti cobrado por Ronald.

Com mais espaço para trabalhar a bola, o Tarumã abriu o placar. Aos 36 minutos, o atacante Soniel arriscou sem muita força de fora da área, mas o arqueiro esmeraldino 'aceitou'.

Mesmo com desvantagem no placar e na quantidade de atletas em campo, o Manaus chegou ao empate. Aos 39, Natan fez bela jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Wagner, de carrinho, deixar tudo igual no placar. E aos 43, ainda houve tempo para a expulsão do zagueiro Miller, do Tarumã, com as duas equipes ficando com 10 jogadores.

Brilho da camisa 3 do Manaus

Se no profissional, Thiago Spice é o dono da camisa 3 do 'Gavião', o sub-19 conta com Jefferson, o 'Tilpity'. O atacante jogou de forma improvisada como zagueiro, já que o clube não regularizou a tempo os atletas da posição para o duelo contra o Tarumã.

No segundo tempo, Tilpity atuou fazendo o que sabe: partindo pro ataque, incomodando a zaga adversária. E de tanto insistir, marcou o gol da vitória. Aos 38 minutos da etapa final, Messias cruzou a bola pra área e o camisa 3, em duas tentativas, virou a partida e garantiu a festa da torcida esmeraldina. Na comemoração, o jogador 'desabou' em campo, sentindo câimbras.

"O professor perguntou se eu tinha condições de ficar na zaga, mas no decorrer do jogo, fui pro ataque e Deus me abençoou com o gol da vitória. Na mesma hora, 'pegou' a câimbra", explicou Tilpity ao fim do jogo.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.