Terça-feira, 23 de Julho de 2019
BRASILEIRÃO

Manaus goleia Real Ariquemes na Arena da Amazônia e avança na série D

O time amazonense venceu o Real Ariquemes por 4 a 1 na noite deste domingo (23) e tem a maior invencibilidade do país na temporada



agora_manaus_AF636F34-93E7-4B0B-ADFB-C5360E8E6413.JPG Jogadores titulares do Manaus comemoram um dos gols com reservas. Foto: Antônio Lima
23/06/2019 às 20:01

Com gritos de 'olé' e show de Hamilton, o Manaus FC massacrou por 4 a 1 o Real Ariquemes na noite deste domingo(23), na Arena da Amazônia, em partida de volta da segunda fase da série D. Com vitória nos dois duelos o placar agregado ficou de 6 a 2, e o time esmeraldino se classificou as oitavas de finais da quarta divisão, e vai encarar o São Raimundo, de Santarém(PA).

Mateus Oliveira, Márcio e Hamilton duas vezes, foram os responsáveis pelos gols do Manaus; Lídio fez para o Real Ariquemes.

Artilheiro isolado do Manaus na competição nacional com seis gols, Mateus Oliveira celebrou a classificação e o bom momento vestindo a camisa do Gavião. "É um momento especial, não se tem palavras para explicar, pois isso é fruto de muito trabalho da equipe. Teve um momento que chegaram a dizer para me dispensar, que eu não ia servir para nada, mas pessoas apostaram em mim. Vamos seguir lutando pelo acesso", disse o atacante do Manaus.

Com o resultado o Gavião do Norte chega a marca de 21 jogos sem perder, sendo a maior invencibilidade do país na temporada. O time do Manaus também fica a apenas quarto partidas para chegar ao acesso para a terceira divisão nacional.

Primeiro tempo

Aos 4 minutos, o Real Ariquemes teve grande chance pela ponta direita no chute de Pretinho. O ritmo da partida passou a ficar intenso e aos 5 minutos em cobrança de falta rápida, Hamilton tocou para Rossini que lançou para Mateus Oliveira, e após invadir a área, o camisa 99 do Manaus sem dificuldades só fez empurrar a bola pro fundo da rede, abrindo o placar na Arena da Amazônia.

Após o primeiro tento, o time rondoniense não se intimidou e partiu ao ataque com marcação alta contra o Gavião do Norte.

Aos 20 minutos, vendo o goleiro do Furacão adiantado, Rossini do círculo de meio campo arriscou o chute e quase marcou um belo gol.

No jogo lá e cá, aos 21 minutos, Alex cobrou falta na entrada da grande área, e na finalização de cabeça, Dadai mandou no canto do goleiro Jonathan, que fez a defesa.

Aos 24 minutos, Negueba cobrou falta pela direita, e no arremate Mateus Oliveira quase faz o segundo, com cabeçada que passou rente a trave esquerda de Rodrigo.

Com 35 minutos no relógio da Arena, mais uma chance de bola parada para o Manaus. Na cobrança, Martony bateu rasteiro, mas o goleiro Rodrigo, posicionado no meio do gol, acabou pegando.

Aos 45 minutos, o time esmeraldino teve mais uma chance de ampliar. Negueba cobrou na direita, e de cabeça Vandinho subiu sozinho, mas mandou a bola nas mãos do goleiro adversário.

No ultimo lance do primeiro tempo aos 48 minutos, Rossini cobrou falta pela direita. Em finalização fechada, o goleiro Rodrigo fez grande defesa espalmando a bola para linha de fundo.

Segundo tempo

Na volta para segunda etapa, as duas equipes assumiram uma postura de jogo mais estudado, sem buscar expor nas saídas de bola.

Aos 5 minutos, o Real Ariquemes ameaçou com chute de Maranhão, após receber passe de Índio na linha lateral da grande área. Como resposta, aos 7 minutos, Hamilton avançou no meio,e arriscou chute de fora da área, buscando surpreender o goleiro Rodrigo que estava adiantado, mas a bola passou por cima da meta adversária.

Aos 16 minutos, Fajardo mexeu no time colocando Dolen no lugar de Mateus Oliveira e avançando Hamilton como centroavante. A mudança no mesmo minuto fez efeito, e na jogada de Derlan pelo meio, o capitão do Manaus tocou para Hamilton que no chute de bico na entrada da grande área ampliou o marcador.

Aos 24 minutos, Hamilton marcou o terceiro do Manaus. Na cobrança de falta de Negueba pela esquerda, o camisa 25 do Gavião subiu no primeiro poste e cabeceou para o fundo da rede do Real Ariquemes.

A situação passou a ficar ainda mais complicada para o Furacão com a expulsão do camisa 9 Maranhão por falta dura em Derlan.

E com um a mais dentro de campo, o Gavião do Norte dominou totalmente o jogo, e aos 37 minutos, Marcio fechou a festa do Gavião. Negueba cobrou escanteio, o zagueiro Martony cabeceou, o goleiro Rodrigo deu rebote, e Marcio dentro da pequena área pegou a sobra, e mandou pro fundo do gol do Ariquemes: 4 x 0 para o Manaus.

Aos 42 minutos de jogo, o Real Ariquemes descontou com belo gol de falta de Lidio, na entrada da grande área. Os últimos minutos do jogo foram intensos, pois Negueba acabou sendo expulso.

Receba Novidades

* campo obrigatório
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.