Domingo, 26 de Maio de 2019
SÉRIE D

Manaus FC inicia disputa da Série D contra o Santos-AP neste sábado (4)

A equipe manauara estreia no Campeonato Brasileiro em busca de superar a campanha do ano passado, visando o acesso à terceira divisão



SPO.MS-R25_DB0CBD7C-1D4F-4E66-BF47-A831D7E848A0.JPG
Foto: Márcio Silva
04/05/2019 às 07:00

A maior obsessão do futebol baré ganha mais um capítulo neste sábado (4). A saga em busca pelo acesso à Série C tem início hoje e o primeiro representante do Estado a entrar em campo será o Manaus FC, que joga contra o Santos-AP, na casa do adversário, às 15h.

O Gavião chega para a disputa do torneio nacional motivado após a conquista do tricampeonato estadual, na última semana, e se prepara para disputar a Série D pela segunda vez em sua história. No ano passado, o time bateu na trave na busca pela terceira divisão, após ser eliminado nos pênaltis para o Imperatriz-MA. Para esta edição, a ideia é aprender com os erros do passado para mirar grandes conquistas. 

“A nossa campanha do ano passado foi espetacular. Por um detalhe, um descuido ali, a gente não conseguiu o acesso, mas creio que este ano vai ser tudo diferente. Tenho muita fé em Deus de que nós vamos conseguir este acesso  para o estado do Amazonas e, neste sábado, iniciamos a nossa caminhada. Nós sabemos que não vai ser fácil, mas temos total convicção de que podemos estar em uma das quatro vagas de acesso para a Série C”, analisou Jonathan, goleiro do Manaus FC e um dos remanescentes do elenco  do ano passado.

Se o Manaus chega para a partida em ritmo acelerado após a disputa do Campeonato Amazonense, o Santos-AP vive situação bem diferente. O clube não disputou nenhuma partida oficial neste ano e chegou a emprestar seus atletas para outras equipes para que se mantivessem em atividade. Por conta disso, a ideia do time amazonense é aproveitar a falta de ritmo do adversário. “A nossa equipe já vem trabalhando há muito tempo, estamos acabando de vir de um estadual disputado, então a nossa única vantagem, que eu vejo, é o nosso entrosamento dentro de campo, tendo em vista que a equipe do Santos, pelo que eu fiquei sabendo, é uma mescla de jogadores de outras equipes  que terminaram os estaduais há pouco tempo também. Acho que a única vantagem que vamos ter é essa: a falta de entrosamento da equipe deles e a nossa união dentro de campo”, revelou o arqueiro do Gavião.

Apesar do curto intervalo entre o estadual e o torneio Nacional, o Manaus teve tempo para iniciar os trabalhos de reconstrução do elenco. Durante a semana, o clube anunciou a contratação do meia Charles, ex-Nacional, e nessa sexta-feira (3), o time anunciou a saída do atacante Jefferson Araújo. Nesta estreia, quem desfalca o time é o técnico Welington Fajardo, que vai passar por procedimento médico. Com isso, o primeiro voo do Gavião será comandado pelo auxiliar técnico Ednilton Souza. “A gente sente um pouco, pois queríamos estar completos e com a ausência do professor Fajardo isso não vai ser possível, mas creio que a equipe está bem focada, com o Souza a gente vai conseguir fazer uma boa partida e, se Deus quiser, sair de campo com a vitória”, finalizou Jonathan.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.