Domingo, 21 de Julho de 2019
FIM DA INVENCIBILIDADE

Manaus perde fora de casa e terá de reverter resultado na Arena da Amazônia

Pela Série D, derrota de 1 a 0 contra o São Raimundo-PA, na tarde deste domingo (30), interrompe sequência de 21 jogos de invencibilidade da equipe manauara



c54b6530-173d-4af3-b175-52e8229fba48_654353AF-31CB-4B8C-9A08-DD52DC738D8B.jpg Foto: Divulgação/SREC
30/06/2019 às 18:58

Em Santarém, Manaus é derrotado pelo São Raimundo-PA por 1 a 0 e agora tem a missão de reverter o resultado no jogo da volta, no próximo sábado (6), na Arena da Amazônia. Em tarde de forte calor no Colosso do Tapajós, o Pantera fez valer seu mando de campo e interrompeu a sequência de 21 jogos de invencibilidade da equipe manauara. O autor do único gol da partida foi o camisa 10, Wendell, em cobrança de pênalti. O Gavião do Norte ainda precisou jogar com um a menos por conta da expulsão de Martony.

Após uma primeira etapa de pouca emoção - muito por conta do calor -, São Raimundo-PA e Manaus foram para o vestiário com o placar inalterado. Insatisfeitos com a atuação do time da casa, a torcida presente ao Colosso do Tapajós vaiou a equipe paraense. O início da segunda etapa foi semelhante à primeira, com as equipes não conseguindo criar oportunidades de gol. Porém, aos 8 minutos do tempo complementar, o árbitro Leandro Bizzio Marinho viu mão de Martony em bate-rebate na área e aplicou cartão amarelo ao zagueiro. Como já estava pendurado, o camisa quatro foi expulso da partida.

O lance gerou muita reclamação por parte de jogadores e comissão técnica do Gavião do Norte. Na cobrança, o meia Wendell anotou o gol e a partir daí foram 35 minutos de ataque contra defesa. O São Raimundo-PA ainda colocou uma bola na trave com Jeová, mas não conseguiu aumentar a vantagem.  O problema para o jogo da volta passar a ser o setor defensivo. Com Martony suspenso pelo cartão vermelho e Spice podendo ter a pena de dois jogos acrescida por conta da expulsão na última fase - no jogo de ida contra o Real Ariquemes-RO -, a expectativa é para saber quem formará a dupla de zaga. 

Agora, após sentir pela primeira vez o gosto da derrota, o Manaus precisa vencer por dois gols de diferença para se classificar às quartas de final. Preocupação fica por conta de Hamilton, principal jogador do Gavião do Norte e que saiu no intervalo por conta de um desconforto. O treinador Welignton Fajardo terá uma importante e decisiva semana pela frente. Vale lembrar que garantem acesso ao Brasileiro Série C os times que chegarem às semifinais da Série D.

Receba Novidades

* campo obrigatório
News ac1 c11005fb a54c 4884 8608 3c793bab9e30
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.