Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
CLASSIFICADO

Manaus vence duelo de líderes, abre 5 pontos para o Princesa e garante vaga na semi

Partida na capital teve gol relâmpago, expulsão e golaço. Time de Manacapuru mantém a vice-liderança do turno com a derrota



WhatsApp_Image_2019-03-27_at_19.43.12_1592B2DA-5171-4A46-A0E4-7ED95CD7FD4C.jpeg Foto: Antônio Lima
27/03/2019 às 21:27

No duelo de líderes do segundo turno, o Manaus venceu o Princesa do Solimões por 3 a 1, na noite desta quarta-feira (27). O resultado fez o Gavião abrir cinco pontos de diferença em relação ao time de Manacapuru.

Com direito a gol relâmpago, expulsão e golaço, o jogo também marcou a passagem do Manaus para as semifinais do segundo turno, mesmo com duas rodadas de antecedência, coroando o bom momento da equipe que agora acumula seis vitórias consecutivas no campeonato.

"Essa vitória representa muito. Sabemos que é bom ganhar e ganhar um jogo de seis pontos, como era hoje, já que sabíamos que quem ganhasse assumiria a liderança, então ficamos felizes de sair com a vitória. Agora é descansar porque sábado já tem outra pedreira", analisou Evair, que saiu do banco para fazer um gol e dar uma assistência na partida.

Na próxima rodada, o Manaus enfrenta o Penarol, no estádio Carlos Zamith, às 15h.

O Princesa do Solimões, por sua vez, segue na segunda posição e perde a invencibilidade no segundo turno. Mesmo com a boa campanha, os jogadores chegaram a ser cobrados pela torcida.

"Isso acontece, o que não podemos é levar isso para o próximo jogo. Temos que ter tranquilidade agora, trabalhar, porque domingo temos o jogo contra o Fast e temos que ir em busca da vitória", analisou Binho, atacante do time de Manacapuru.

O jogo

Aos 7 minutos, o Manaus abriu o placar com Rossini. O jogador recebeu em velocidade, superou a defesa e bateu por baixo do goleiro Victor para inaugurar o marcador. Enquanto o Manaus ainda comemorava a vantagem, o Princesa tratou de mostrar seu poder de reação logo no minuto seguinte. Após jogada de linha de fundo, Edinho Canutama recebeu livre e bateu firme, Jonathan quase defende, mas a finalização foi suficiente para decretar o empate.

Aos 18, Edinho Canutama quase marcou um gol de placa. O atacante aproveitou sobra de bola e, da intermediária, finalizou para o gol e quase surpreende o goleiro Jonathan, que estava fora da meta. A bola, no entanto, saiu pela linha de fundo.

O jogo seguiu aberto e as duas equipes disputavam, lance a lance, a liderança do placar. Pelo alto, o Manaus conseguia levar perigo, enquanto o Tubarão buscava as jogadas de velocidade, principalmente pelas pontas. Mas, com o passar do tempo, a partida se tornou muito mais brigada do que jogada. Os ânimos se exaltaram dentro de campo, o jogo esquentou e os lances de perigo se tornaram ainda mais raros.

No segundo tempo, a partida seguiu equilibrada e o Princesa também assustou pelo alto. Aos 9, o atacante Binho apareceu na área e difícil pelo alto com Thiago Spice, zagueiro do Gavião, e a bola quase entra no canto do goleiro Jonathan. O troco quase veio aos 15, quando Derlan recebeu cruzamento livre e parou no travessão do time de Manacapuru.

Com 17, o cenário da partida teve uma mudança importante: o volante do Princesa Tiago Amazonense recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

A nova configuração do jogo passou a ser favorável ao time da capital que dominou a partida a partir deste momento. E a pressão, acabou virando gol aos 33, quando Evair cobrou falta lateral, quase sem ângulo e acabou surpreendendo o goleiro do Tubarão, colocando o Manaus novamente em vantagem com um belo gol.

O cenário se tornou ainda mais favorável ao atual bicampeão amazonense aos 43 quando, novamente pelo alto, o gol surgiu. Evair levantou bola na área e Hamilton subiu mais alto para fazer 3 a 1 e fechar o placar.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.