Terça-feira, 13 de Abril de 2021
LÍDER INVICTO

Manaus vence São Raimundo e mantém liderança do Barezão

Gavião do Norte chega aos 12 pontos e terá confronto direto com o segundo colocado no sábado



IMG-20210331-WA0039_770AC834-6625-4A6D-8C1B-72937FAC4207.jpg Foto: Arlesson Sicsú
31/03/2021 às 23:08

Em jogo equilibrado, o Manaus bateu o São Raimundo por 2 a 1, na noite desta quarta-feira (31), na Arena da Amazônia, pela 6ª rodada do Barezão. Os gols do Gavião do Norte foram marcados por Diego Rosa ao fim do primeiro tempo e Gabriel Davis aos 15 mintos da etapa final. Para o Tufão da Colina, Edison Negueba descontou aos 10 minutos do segundo tempo.

O resultado positivo confirmou a manutenção da liderança para o Manaus, que com quatro partidas e dois jogos a menos chegou aos 12 pontos na tabela de classificação, seguido de perto pela equipe do Amazonas FC, que acumula 11 pontos. Os dois times terão confronto direto no próximo sábado (3), às 16h, na Arena da Amazônia, pela 7ª rodada do Barezão.
Já o São Raimundo tentará sua primeira vitória no Estadual, quando enfrenta o Iranduba, também no sábado (3), às 15h30, no estádio Carlos Zamith.

Primeiro tempo

Com iniciativa desde os primeiros minutos, o Manaus investiu na sua característica em conservar a manutenção da posse de bola. Por outro lado, com o São Raimundo recuando suas linhas e fechando os espaços do ataque, foi difícil para a equipe esmeraldina conseguir infiltrar dentro da área para criar oportunidades.

Se o Manaus tinha dificuldade em atacar, o São Raimundo apresentava em tentar a saída de bola. O time de Luizinho Lopes subia as linhas e incentivava os vários erros de passes do Tufão.

Mesmo com todas as dificuldades, a primeira oportunidade de gol foi do São Raimundo. Negueba avançou pelo centro, tocou para o lateral esquerdo Miliano, que mandou o chute e o goleiro Rafael realizou a defesa, meio sem jeito, caindo até meio torto no campo e precisando de atendimento na sequência do lance.

Aos 24, o Gavião começou a achar mais espaços. Depois de troca de passes, Gabriel Davis apareceu perto da entrada da área, arriscou com força, mas a bola saiu sem direção, por cima do gol. Aos 26, Spice avançou pelo lado esquerdo da lateral, cruzou perigosamente para a grande área, Vanilson se esticou para alcançar a bola, mas o zagueiro Pastor atrapalhou no corpo a corpo e a bola foi para a linha de fundo.

Achando mais espaços, a troca de passes na entrada área passou a oferecer arremates para os meias do Gavião. Em uma dessas situações, Erivelton arriscou cruzado e a bola passou com perigo no lado direito de Matheus Melo.

Após a parada técnica, quase uma lambança. Douglas Lima cobrou escanteio pelo lado direito, Matheus Melo errou na hora de encaixar e Luis Fernando quase aproveita no segundo pau, mas sendo impedido por um corte providencial da defesa. Mas aos 43 minutos, o Manaus finalmente chegou ao primeiro gol. Guilherme Amorim cruzou rasteiro no primeiro pau, Diego Rosa se antecipou ao defensor e triscou para o fundo das redes, inaugurando o placar na Arena da Amazônia.

Segundo tempo

Voltando com tudo do intervalo, não demorou para sair o primeiro lance de perigo da etapa final. O lateral Douglas Lima avançou pela esquerda, colocou a bola na cabeça de Vanilson, que cabeceou no canto esquerdo de Matheus Melo, mas o arqueiro pulou certo para fazer grande defesa.

Impondo Blitz nos primeiros minutos, o Manaus chegou novamente aos 2 minutos, quando Vanilson aproveitou bola da direita, e de frente pro ‘crime’, acabou sendo emparedado por uma grande defesa de Matheus Melo. Na sequência, Vinicius Barba arriscou de fora da área, mas o goleirão defendeu mais uma vez e evitou o segundo do Gavião do Norte.

Aos 9, em nova jogada que começou pelo lado esquerdo, Douglas Lima achou Philip do lado direito da entrada da área, o atacante puxou para a perna esquerda e finalizou forte, mas Matheus Melo encaixou com segurança e evitou o pior mais uma vez.

E como no futebol nada é ‘preto no branco’, quem estava acuado, foi exatamente o time que conseguiu chegar ao gol. Após Luis Fernando sair jogando errado, o meia Rafael Oliveira se aproveitou, conduziu até esticar na linha de fundo para Negueba, que pelo lado direito do ataque, chutou cruzado, sem ângulo, a bola ainda resvalou em Spice antes de enganar Rafael e empatar a partida na Arena da Amazônia.

Mas como diz o ditado: água mole e pedra dura, tanto bate até que fura. Desta forma, aos 15, a pressão desenfreada do Manaus gerou frutos e conseguiu superar o goleiro Matheus Melo. Logo após pressão na grande área, o goleirão do Tufão da Colina conseguiu salvar chute de Erilvelton, mas a bola voltou a ser do ataque do Gavião, que aproveitou pelo lado direito com Guilherme Amorim, ele cruzou rasteiro para Gabriel Davis, que teve todo o tempo do mundo para dominar e chutar, contando com o desvio que matou o goleiro da Colina.

Aos 24, no contra-ataque, Raylson achou Miliano descendo na velocidade pela esquerda, o lateral chegou chutando e quase surpreendeu goleiro Rafael. A bola passou tirando tinta do travessão.

Na sequência, o São Raimundo quase conseguiu o gol de empate. Rafael Oliveira cobrou falta um pouco depois do grande circulo central, a bola foi sem força pra ‘muvuca’, o goleiro do Gavião sai sem tempo de bola, ela acaba passando direto, o ataque do São Raimundo não aproveita a lambança e a defesa conseguiu evitar o gol.

Série de falhas

Em nova falha da defesa do Manaus, o goleiro Rafael saiu jogando errado, Negueba tentou o chute de fora da área, mas a bola saiu sem direção para longe do gol.

Já nos acréscimos, após cruzamento pela direita, Hemerson cabeceou para baixo, no segundo pau, a bola bateu nas costas de Luis Fernando, o atacante ainda pediu toque de mão, mas o árbitro Edmar Campos de Encarnação mandou o jogo seguir.

E quem teve a oportunidade de alterar o placar no final do jogo foi o Manaus. Assis cobrou falta da entrada da área, a bola foi com muito veneno por cima da barreira, mas acabou beijando o travessão e decretando a vitória do Manaus na Arena da Amazônia.

FICHA TÉCNICA

Manaus 2 x 1 São Raimundo (6ª rodada do Barezão 2021)
Local: Arena da Amazônia
Data: 31 de março de 2021, quarta-feira
Horário: 20h30

Árbitro: Edmar Campos da Encarnação

Gols: Diego Rosa (43’, 1ºT) e Gabriel Davis (15’, 2ºT) - (MFC); Edison Negueba (10’, 2ºT)
Cartões amarelos: Wendel e Pastor - (SREC); Vinicius Barba - (MFC)
Cartão vermelho:

Manaus: Rafael; Guilherme Amorim (Edvan), Luis Fernando, Spice e Douglas Lima (Assis); Vinícius Barba (Gilson Alves), Gabriel Davis (Jack Chan) e Erivelton; Philip (Rafael Ibiapino), Diego Rosa e Vanilson
Técnico: Luizinho Lopes

São Raimundo: Matheus Melo; Wendel, Pastor, Serginho Duarte, e Miliano; Carlos Henrique, Tiago Amazonense e Rafael Oliveira (Ivan); Raylson, Edison Negueba e Denis Maranhão (Hemerson)
Técnico: Sérgio Duarte



Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.