Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
Craque

Manny x Money: conheça os protagonista da luta do século (e dos milhões)

O aguardado combate deste sábado (2) entre Floyd Mayweather e Manny Pacquiao colocará frente à frente pugilistas de estilos distintos que disputarão o título num evento que movimenta cifras astronômicas



1.jpg Luta movimentará cifras milionárias e é vendida como a maior luta da história do boxe
01/05/2015 às 20:21

Apresentada como a “luta do século”, o aguardado combate deste sábado (2) entre Floyd Mayweather e Manny Pacquiao colocará frente à frente pugilistas de estilos distintos que disputarão o título unificado dos meio-médios em Las Vegas, num evento que movimenta cifras astronômicas.

Na Grand Garden Arena do hotel-casino MGM Grand, o norte-americano Mayweather, de 38 anos, invicto em 47 lutas, com 26 nocautes, defenderá os títulos do Conselho Mundial de Boxe (CMB) e da Associação Mundial de Boxe (AMB).

Já o filipino Pacquiao, visto como um semi-deus no seu país, colocará em jogo o cinturão da Organização mundial de Boxe (OMB). Tem um cartel de 57 vitórias, 38 por nocaute, cinco derrotas e dois empates. Extra-oficialmente, o vencedor será considerado o melhor pugilista peso por peso e o maior da sua geração.

Mayweather tem um estilo defensivo extremamente eficiente, beirando à perfeição. Foi à lona apenas uma vez, há 14 anos, contra o mexicano Carlos Hernández, que acabou derrotando com facilidade. Com muita qualidade técnica, gosta de contragolpe e não foge da trocação.

Canhoto, Pacquiao é agressivo e costuma partir para cima do adversário logo no primeiro assalto, procurando encurralar o rival o tempo todo. Esta agressividade já se voltou várias vezes contra o filipino, porque sua guarda fica mais aberta. Já recebeu golpes duros e já foi nocauteado três vezes, a última contra o mexicano Juan Manuel Márquez, em dezembro de 2012, quando levou um uppercut devastador. Esta derrota ensinou 'PacMan' a dosar mais a agressividade.

Experiência

“Money” Mayweather fez sua estreia profissional aos 19 anos de idade, em 1995, e Pacquiao aos 16, em 1996. O filipino lutou em oito categorias distintas, derrotando grande lutadores com Márquez (2008 e 2009), Antonio Margarito (2010), Miguel Cotto (2009), Oscar de la Hoya (2008) ou Marco Antonio Barrera (2007).

Mayweather também conta no seu currículo com vítimas de peso, como Diego Corrales (2001), José Luis Castillo (2002), Arturo Gatti (2005), De la Hoya (2007), Márquez (2009), Cotto (2012) e Saúl 'Canelo' Alvarez (2013).

Para não 'dar pau'

Uma companhia elétrica filipina solicitou aos consumidores para desligar os eletrodomésticos para ajudar a evitar um apagão durante a luta entre o ídolo nacional Manny Pacquiao e o norte-americano Floyd Mayweather Jr.  

Cooperativa Elétrica Palawan, que atua na província de mesmo nome, anunciou que o desligamento de 15 mil refrigeradores será capaz de compensar o aumento na demanda de dois megawatts provocado pelos televisores ligados durante o combate.

“Se é apenas para a luta do Pacquiao, vamos deixar apenas ventiladores e televisores ligados”, afirmou o secretário da companhia, Rante Ramos. “Aguardamos a tanto tempo por isso, e agora que acontecerá... É inaceitável não ter a oportunidade de assistir”, disse. Os maiores consumidores de energia elétrica -como shopping centers, lojas de departamento e hotéis- aceitaram se desconectar da rede e usar seus próprios geradores.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.