Domingo, 05 de Dezembro de 2021
Série B do Amazonense

Mão cheia! Rio Negro atropela CDC Novo Aripuanã por 5 a 0

Os gols da partida, válida pela Bêzinha, foram marcados por Emerson Martins, Hayllan (2x), Jerinha e Frank, todos no primeiro tempo



IMG-20211003-WA0316_01A16F13-28A2-4E70-AF40-D997B4A26E4E.jpg Jogadores comemorando o gol marcado na tarde deste domingo (3), no estádio Carlos Zamith (Foto: Milly Barreto)
03/10/2021 às 18:50

Pela terceira rodada do Camepeoanto Amazonense da 2ª divisão, o CDC Novo Aripuanã encarou o Rio Negro na tarde deste domingo (3), no estádio Carlos Zamith e acabou sendo goleado pela equipe alvinegra pelo placar de 5 a 0. O resultado acachapante foi construído inteiramente na primeira etapa da partida, com gols de Emerson Martins, Hayllan (2x), Jerinha e Frank. 

 



O resultado mantém o Tricolor do Madeira na lanterna da competição com pontuação zerada e saldo de -14. Sem tempo para lamentar, a equipe agora volta as suas atenções para a próxima rodada da Série B', onde no próximo sábado (9), jogará diante do Tarumã, no próprio Carlos Zamith, às 15h. Por outro lado, o Galo Carijó segue na terceira posição, agora com quatro pontos conquistados. 

 

O jogo

 

Desde o início, o desenho da partida é de que seria um verdadeiro passeio da equipe alvinegra. Com ampla posse de bola e domínio das ações, o Rio Negro rapidamente mostrou que sacramentaria a vitória sem maiores dificuldades. 

 

Já aos sete minutos de jogo, Emerson Martins recebeu lindo cruzamento vindo do lado de esquerdo de ataque, sozinho na área e só teve o trabalho de empurrar para a rede abrindo a contagem do jogo. 

 

Dois minutos após o primeiro tento, Hayllan avançou pela esquerda e em velocidade invadiu a área batendo entre o goleiro e a trave, ampliando o marcador. Rio Negro 2 a 0. 

 

Com a vantagem, o Galo diminuiu o ritmo, embora mantivesse a posse de bola. Cadenciando a partida, o time chegou ao terceiro gol somente aos 28 minutos. Hayllan escapou livre pelo lado direito de ataque, frente a frente com o goleiro, posicionou o corpo e bateu com estilo, deslocando o arqueiro. Rio Negro 3 a 0 antes dos primeiros 30 minutos. 

 

Com o CDC completamente entregue em campo, não demorou para que mais um gol saísse. Dessa vez Jerinha, aos 35 minutos, recebeu belo lançamento rasteiro, girou sobre o zagueiro e avançou até a pequena área, onde bateu no alto, tirando do goleiro. Rio Negro 4 a 0. 

 

E teve mais! Aos 45 minutos, Alan Patrick escapou em velocidade e cruzou rasteiro para o meio da área, a defesa do Bacurau apenas olhou e Frank, de carrinho, empurrou para o gol. 5 a 0. 

 

Na volta do intervalo, os times voltaram com as mesmas caras, no entanto, o que se viu foi um show de oportunidades perdidas pelo Galo da Praça da Saudade, enquanto o CDC pouco assustou a meta do goleiro Oliveira, que foi um espectador de luxo na partida. 

 

Sem maiores emoções, o Rio Negro saiu com a vitória de mão cheia do Carlos Zamith.

João Felipe

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.