Publicidade
Esportes
Foi pena pra todo lado

Marcelo Oliveira não resiste a derrota pro Grêmio e é demitido do Galo

Demissão foi anunciada pelo presidente do clube mineiro, Daniel Nepomuceno, no fim da manhã desta quinta-feira (24), menos de 24 horas após derrota na primeira partida das finais da Copa do Brasil 24/11/2016 às 12:02 - Atualizado em 24/11/2016 às 15:00
Show okiuh
Marcelo Oliveira caiu após revés contra o Grêmio, em pleno Mineirão, nesta quarta-feira (23) (Foto: Divulgação/Atlético-MG)
acritica.com Manaus (AM)

Marcelo Oliveira não é mais treinador do Atlético-MG. A confirmação da demissão do técnico do Galo veio na manhã desta quinta-feira (24), menos de 24 horas depois da derrota para o Grêmio, pela partida de ida das finais da Copa do Brasil. O presidente do clube mineiro, Daniel Nepomuceno confirmou a saída do comandante da equipe, que após o revés para o Tricolor Gaúcho terá de reverter resultado na casa do adversário na semana que vem.

Segundo a assessoria do Atlético-MG, Marcelo Oliveira concederá ainda nesta quinta-feira (24) uma entrevista coletiva explicando sua demissão ao lado presidente do clube.

Marcelo Oliveira não resistiu à derrota por 3 a 1 para o Grêmio, em pleno estádio do Mineirão, pela primeira decisão da Copa do Brasil e deixa o clube antes mesmo da segunda e decisiva partida. Aos 61 anos, o treinador deixa o clube na 4ª posição no Campeonato Brasileiro, com 62 pontos. 

Contratado para substituir o uruguaio Diego Aguirre em março deste ano, Marcelo Oliveira comandou o Atlético-MG em 41 jogos, sendo 18 vitórias, 14 empates e nove derrotas. O Galo ainda não confirmou o nome do novo treinador. 

Publicidade
Publicidade