Publicidade
Esportes
Craque

Marcos Piter assina com Operário para a disputa da Copa Amazonas

Treinador Campeão Amazonense 2013 e vice-campeão 2014 com o Princesa vai comandar o Sapão na Copa Amazonas 10/09/2015 às 18:51
Show 1
Piter no comando do Operário no antigo estádio da Colina pelo Campeonato Amazonense 2011
Anderson Silva Manaus (AM)

Revelação do futebol amazonense nos últimos anos, Marcos Piter está de volta ao comando do Operário, clube que o revelou à beira do campo em 2011. O treinador manacapuruense vai comandar – pela segunda vez - o maior rival do Princesa, clube onde se destacou para o futebol conquistando o título inédito do Estadual 2013 e o vice-campeonato em 2014, além de disputar a Copa do Brasil.

Sem clube desde as semifinais do Estadual deste ano quando comandou o Penarol, Piter assinou contrato com o clube por questão de gratidão.

“O Beto (presidente do Operário) pediu para eu dar uma ajuda na Copa Amazonas e aceitei. Tenho uma gratidão muito grande por eles. Foram eles que me deram oportunidade como treinador em 2011. Vai ser um prazer ajudar o clube que me lançou”, disse o treinador.

Com valores salariais abaixo da expectativa, Piter afirma que o dinheiro fica em segundo plano e o sentimento da gratidão prevalece.

“Sou uma cara que sei reconhecer. Não é porque estou num momento bom, e agradeço a Deus, pois isso foi com muita humildade e trabalho, que não vou ajudar. Sou grato ao clube e vou dar o melhor. A missão é chegar como sempre cheguei com os outros clubes. Vou trabalhar com a mesma intensidade”, afirmou.

Tem que ter estrutura

As inúmeras dificuldades vividas pelo Operário na temporada não foram esquecidas pelo treinador. Mas a falta de recursos estruturais e financeiros que lavaram o Sapão da Terra Preta ao último lugar no Estadual, não é visto como empecilho.

“Sou um cara sério, muito profissional e cobro muito. Sei das dificuldades do clube. Pedi apenas o básico para trabalhar. Se eu não tiver o básico, quem me conhece sabe, não começo nem a trabalhar”, revelou.

Time sendo montado

Além da base que disputou o Estadual, o treinador espera contar com quatro jogadores conhecidos da região.

“Como podemos contar apenas com quatro jogadores com idade acima de 20 anos vou contar com o Piru, que esteve no Penarol, Baé, que estava no Princesa, e o Toró. O Beto tava em contato com o Thiago Brandão e o Clemilton. Também vou contar com a maioria dos jogadores da base do clube”, garantiu Piter que pretende iniciar os trabalhos na próxima segunda-feira (14).

A estreia do Operário na Copa Amazonas vai ser no dia 10 de outubro, às 16h30, contra o Manaus FC, no estádio Jornalista Carlos Zamith, na Zona Leste de Manaus.

Publicidade
Publicidade