Publicidade
Esportes
Craque

Marquinhos Piter acredita que não é impossível vencer a equipe do Nacional

O treinador do Penarol está tranquilo e diz que o time tem qualidade para vencer o Leão da Vila Municipal 26/05/2015 às 09:11
Show 1
Marquinhos Piter passou para os seus comandados que, a partir de agora, o campeonato é outro
Camila Leonel Manaus (AM)

“É difícil, mas não é impossível”, é assim que o técnico Marquinhos Piter resume a semifinal contra o Nacional. O Leão da Velha Serpa se reapresentou ontem e já está focado no jogo de domingo. Piter disse que conversou com os seus comandados e deixou a equipe ciente de que o campeonato agora é outro.

“A gente apresentou para eles que agora é outro campeonato. Temos que ir com inteligência respeitar o Nacional, que é uma grande equipe, tem camisa, mas não temer. Nós temos qualidades e condições de vencê-los, temos que trabalhar e evoluir porque sabemos que não vai ser fácil e ter a responsabilidade e fazer um bom primeiro jogo e construir um bom resultado para, na Arena, conquistarmos a nossa classificação”, disse.

As equipes já se enfrentaram duas vezes no Estadual deste ano e o Nacional saiu vitorioso nas duas ocasiões, porém o técnico do Penarol acredita que esses jogos serviram como lição e não para amedrontar a equipe de Itacoatiara.

“No segundo tempo, no segundo jogo na Colina, (Nacional e Penarol no returno do campeonato) conseguimos jogar bem no segundo tempo e os gols que pegamos foram falhas individuais nossa.  No intervalo, a gente conversou viu onde estava o ponto forte deles e neutralizou e viu que era apertar a marcação. E esses jogos nos servem de exemplo para os próximos dois jogos da semifinal”, disse.

O Penarol joga contra o Nacional no domingo (31) às 15h no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara ( a 176 km de Manaus).

Publicidade
Publicidade