Sexta-feira, 24 de Janeiro de 2020
Craque

Mascote da Copa de 2014 é atacado em Brasília

A Polícia ainda não tem suspeitos. Há informações que um grupo estacionou um carro ao lado do boneco e passou a atacá-lo. Mas não há detalhes



1.gif Mascote da Copa 2014 sofre ataque
09/10/2012 às 12:33

O boneco gigante de aproximadamente 7 metros de altura do tatu-bola, mascote da Copa do Mundo de 2014, que estava em exposição na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, foi destruído na madrugada desta terça-feira (9). A Polícia Militar do Distrito Federal (PM-DF) informou à Agência Brasil que vândalos atacaram com faca o boneco, feito de material plástico, por volta das 2h30. Por segurança, o que restou da réplica foi retirado do local.

A PM-DF ainda não tem suspeitos. Há informações que um grupo estacionou um carro ao lado do boneco e passou a atacá-lo. Mas não há detalhes. No fim de setembro, o tatu-bola foi colocado na Esplanada e atraía a atenção principalmente das crianças que se encantavam com as cores e a simpatia do mascote.



Na semana passada, em Porto Alegre (Rio Grande do Sul), durante protesto, outra réplica do mascote da Copa de 2014 foi destruída. A prefeitura da capital gaúcha negocia um novo boneco para colocar no Largo Glênio Peres, no centro da cidade. O boneco foi destruído durante confronto entre policiais e manifestantes.
 
Em setembro, o tatu-bola, animal nativo do Brasil, foi escolhido o símbolo da Copa de 2014 em votação popular. A escolha do mascote foi anunciada pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) e o Comitê Olímpico Local (COL).

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.