Quinta-feira, 27 de Junho de 2019
IRANDUBA X SÃO FRANCISCO

Mayara fala sobre preparação do Hulk e espera que time volte a vencer na Arena

Iranduba treinou forte para o duelo contra o São Francisco, mas além dos treinos, o time tem investido na conversa e parceria para voltar a vencer e confirmar a classificação para a próxima fase



mayarav.jpg Foto: Winnetou Almeida
18/07/2018 às 20:27

Nenhuma jogadora foi tão  presente no ataque do Iranduba quanto a atacante Mayara Vaz. E nesta quinta (19), às 20h, na Arena da Amazônia, a camisa 10 estará em campo novamente contra o São Francisco-BA, buscando a classificação para a segunda fase na Arena da Amazônia.

Além da classificação, o Hulk busca voltar a vencer no Brasileiro. Há dois jogos sem um triunfo -empate em 1 a 1 contra o Corinthians e derrota de 2 a 0 frente ao São José - Mayara vê como oportuno o fato de jogar em casa.
“A cobrança é normal ainda mais agora que a gente veio de derrota, mas temos consciência que temos potencial para dar mais e estamos trabalhando para que a gente possa trazer resultados positivos”, explicou.

Para alcançar os resultados, o Iranduba tem apostado na força do grupo dentro e fora de campo. “O técnico vem mudando bastante o time e dando oportunidade para muitas meninas para ver qual encaixa melhor e a gente apóia as meninas que estão entrando e isso faz o time melhorar também. Fora de campo a gente costuma conversar às vezes no almoço, no jantar para ver o que podemos melhorar também”, fala.

Além das conversas nos treinos e das resenhas no dia-a-dia, o trabalho em campo tem se mostrado importante. Durante a preparação para o jogo a cobrança por parte do técnico Adilson Galdino foi grande, um trabalho “para ajeitar os detalhes que faltam na equipe”.

“Ele vem pegando bastante no nosso pé nos treinos, mas a gente precisa disso para ter mais vontade e raça em campo”.
Durante a preparação, um dos pontos que o técnico “pegou no pé” foram as transições rápidas entre as jogadas de defesa e ataque e a questão da troca de passes, uma das falhas do time nos dois últimos jogos.

“Tudo isso tem sido conversado com elas diariamente. No futebol o passe é fundamental. Se tem se tem mais acertos, tem mais chances de estar com a vitória. Se tem mais erros você dá ao adversário a chance de te trazer problemas. Então sempre treinamos isso para que tenhamos jogos equilibrados e eficientes”, comentou o técnico que prometeu um Iranduba impondo seu futebol diante da torcida.

O Iranduba é o terceiro colocado do Grupo A1 - o Kindermann venceu o São José e chegou aos 21 pontos, um a mais que o Hulk, porém o time amazonense pode reassumir a segunda posição em caso de vitória - e precisa vencer para carimbar o passaporte para a próxima fase com três rodadas de antecedência. Já o São Francisco está em sétimo, com seis pontos marcados.
 

Iranduba: Rubi, Geovana, Cris, Jujuba, Letícia, Priscila, Thaís, Driely, Mayara, Elisa e Kelen. Tec: Adilson Galdino

São Francisco: Mírian; Andressa; Fran; Aline; Chica; Jéssica e Lais; Monica; Vitorinha; Érica e Patricia. Tec Macarena Deichler

Estádio: Arena da Amazônia

Hora: 20h

Árbitro: Antônio Carlos Pequeno Frutuoso

Motivo: 11° rodada do Campeonato Brasileiro Feminino

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.