Quarta-feira, 24 de Abril de 2019
publicidade
WhatsApp_Image_2019-04-08_at_15.48.04_ACC2A231-9D51-43DA-AB54-BCA1BAAF83A3.jpeg
publicidade
publicidade

DESTAQUES

Equipe de base da natação do AM ganha primeiras medalhas da temporada em SE

Delegação amazonense conquistou 23 medalhas e estipularam três novos recordes no Festival Nordestinho de Natação - Troféu Alexandre Pussieldi


08/04/2019 às 20:27

A base da natação amazonense deu suas primeiras braçadas na temporada de 2019 e já conquistou suas primeiras medalhas. Única equipe da região Norte no Festival Nordestinho de Natação - Troféu Alexandre Pussieldi, o Instituto Pedro Nicolas Sena da Silva (IPNSS) foi o campeão do torneio na categoria Mirim 1 (9 anos), no último fim de semana, em Aracaju (SE). O evento contou com 225 atletas, de 19 clubes, de oito estados.

A equipe formada por Adriele Marcela da Cruz, Alice Monteiro, Gabriel Teixeira, Jessica Aboim, Kathleen Manoella Silva, Marcos Rafael da Cruz, Rafael Andrade e Raylson Bruno, que tem entre 9 e 12 anos, trouxe na bagagem 13 medalhas de ouro, cinco de prata e cinco de bronze. Além das medalhas, a equipe estabeleceu três novos recordes na competição: nos 50m costas, categoria petiz 2 (12 anos) com Raylson Guimarães, estabelecendo a marca de 33s45; nos 50m costas, categoria petiz 1 (11 anos) com Alice Monteiro, com a marca de 35s15; e na prova de revezamento, nos 4x50m nado livre misto (dois meninos e duas meninas), na categoria mirim 1 (9 anos), com o tempo de 2m42s20.

O treinador do IPNSS, Fernando Bezerra, explica que o convite para participar do evento, surgiu desde o ano passado, pelo próprio Alexandre Pussieldi, que dá nome ao troféu. Além de expressar surpresa pelo título de campeão da categoria mirim. “O professor Pussieldi é um apoiador do Instituto, sempre nos ajuda no que pode. Então ele nos convidou ano passado e levamos dois atletas, que tiveram bons resultados. Este ano, levamos oito e esperávamos bons resultados individuais, como em 2018, mas não a nível clube, já que as equipes do Nordeste são bem fortes e virem em grande número para esta competição”, explicou.

publicidade

“Mas os resultados individuais, mais o empenho no revezamento acabaram mostrando no decorrer da competição, que tínhamos uma equipe de qualidade e que poderíamos brigar pelo pódio na competição por equipes. Isso foi uma motivação a mais para nós. Não esperávamos levar para casa o título de campeão. Mas nadamos como campeões e o resultado do esforço destas crianças, dentro da piscina foi esse”, completou.

O próximo desafio dos amazonenses é o Festival Norte/Nordeste de Mirim e Petiz – Troféu Pedro Nicolas Sena da Silva, que será na capital amazonense, nos dias 17 e 18 de maio. 

“Esse resultado é uma amostra do trabalhando firme e responsável que temos com as categorias de base. Eles são o futuro da modalidade”, disse o técnico Fernando Bezerra.

publicidade
publicidade
Professores do AM temem que governo demore a analisar estudo sobre perdas salariais
Puxado pela construção civil, AM registra saldo positivo de empregos em março
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.