Quinta-feira, 27 de Junho de 2019
Craque

Meia Charles diz que vai tentar ficar no Nacional para a disputa do Brasileirão da Série D

O novo xodó da torcida nacionalina disse após o jogo da noite deste domingo (10) que pretende ficar no Nacional



1.jpg Charles voou em campo e ajudou o Nacional a chegar a mais uma vitória no Barezão
10/05/2015 às 22:32

Com dois gols e duas assistências, Charles voou no jogo contra o Penarol, válido pela 15° rodada do Campeonato Amazonense. O novo xodó da torcida nacionalina foi ovacionado pela torcida que compareceu ao estádio Ismael Benigno, a Colina, para assistir a goleada do Naça. O camisa 10 azulino disse que o trabalho é o principal motivo para ele “voar” em campo.

“Estou voando, graças a Deus, estou batalhando sempre para buscar o meu espaço no time. Consegui fazer dois belos gols e ajudar a minha equipe a sair com a vitória”, disse.

Apesar de ter estreado há menos de um mês no Nacional, Charles parece bem entrosado com a equipe e já marcou oito gols no Campeonato Amazonense. Segundo ele, isso se deve à boa recepção de seus companheiros.

“Os companheiros me aceitaram muito bem e é isso aí. Estou dando o meu máximo e a cada dia Deus tá me abençoando com cada vitória”.

Entre os gritos dos torcedores, alguns pediam a permanência do jogador no time. Charles despertou interesse em clubes como Bahia e Vitória e pode deixar a Vila Municipal. Perguntado sobre isso, Charles, mais uma vez, que desejava permanecer em Manaus.

Comprometimento

“Estou acertando aí, não tem nada certo ainda, mas vou tentar ficar no Nacional”, declarou.

Outro personagem importante no jogo foi o lateral direito Peter. O jogador participou de várias jogadas da equipe nacionalina e foi ele quem fez a jogada do terceiro gol do Leão. Após a partida, Peter destacou o comprometimento dos jogadores e foi a isso que atribuiu o sucesso da equipe em campo.

“Eu acho que o comprometimento (o motivo do bom desemppenho da equipe).Eu acho que a equipe está muito aguerida dentro de campo. É claro que erros acontecem, faz parte. Ninguém é perfeito. Mas eu acho que a nossa equipe tá conseguindo impor um ritmo muito forte e nos sabemos que fica muito dificil para o adversário”, disse.

Apesar das vitórias, Peter fala em manter os pés no chão e que as semifinais são um “campeonato à parte”.

 “Agora é manter os pés no chão que não tem nada ganho até porque as finais é outra competição, então nós vamos em busca do melhor rendimento para que chegue forte nas finais”, declarou.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.