Segunda-feira, 20 de Maio de 2019
RECONHECIMENTO

Mérito Aquático Waldir de Oliveira premia melhores da natação amazonense em 2018

Caio Sakamoto e Elysa Maia foram premiados como os melhores atletas do ano da natação amazonense



Merito_aquatico_627B5EC0-1DF0-4E65-94F7-CE5A3CCCFA6E.jpg
Fotos: divulgação
20/12/2018 às 20:57

Final de ano é tempo de valorizar tudo que foi conquistado. Sendo assim, a última quarta-feira (20) foi dia de premiar os atletas e clubes que se destacaram na natação amazonense neste ano de 2018, no tradicional Mérito Aquático Waldir de Oliveira, realizado pela Federação amazonense de Desportos Aquáticos (FADA), no Salão dos espelhos do Atlético Rio Negro Clube, no Centro de Manaus.

Entre os premiados, destaque para o clube do ano, Instituto Pedro Nicolas Sena da Silva, Elysa Maia (melhor atleta feminina do ano), Vítor Hugo Façanha (técnico da atleta do ano), Caio Sakamoto (melhor atleta masculino do ano), André Dantas (técnico do melhor atleta masculino), Bruno Vinnycius (revelação) e as atletas Nely Quintino, Elysa Maia e Luisa Marillac, que receberam homenagens por terem batido recordes amazonenses na categoria Absoluto no ano de 2017 e 2018. Além desses atletas e clubes, foram homenageados os 14 atletas com melhor posição no Ranking Nacional e 150 atletas que mais pontuaram nos campeonatos locais realizados pela Federação.

Atleta do ano

Caio Sakamoto (Aquática Amazonas) e Elysa Maia (La Salle) foram considerados os melhores nadadores do Amazonas neste ano, e não foi por acaso. Caio foi campeão Norte-nordeste nos 200m costas, foi convocado para Seleção brasileira para competir a Copa Pacífico em Guayaquil no Equador, e também alcançou a 9ª colocação no campeonato brasileiro de inverno.

“Estou muito feliz pelo prêmio. É muito satisfatório chegar ao final da temporada e ser reconhecido por todo esforço e dedicação durante o ano. Não só para nós, atletas, mas para os pais, técnicos e para todos que nos acompanham”, disse ele. Ano que vem Caio quer ainda mais. “Continuar evoluindo a nível nacional, e mais uma vez fazer parte da Seleção, poder competir novamente a Copa Pacífico”, destacou.

 

Elysa conquistou o segundo lugar nos 200m costas, na Copa Pacífico de natação, realizada no Equador, quando representou o Brasil; depois, ela conquistou duas medalhas de bronze nos Jogos Escolares Brasileiros, em Natal - RN, resultados que contribuiram para que ela ganhasse o prêmio de melhor atleta feminina do ano, no Amazonas. "Foi tudo resultado dos meus treinos, sinto muita gratidão por ter sido a melhor atleta do ano", disse Elysa.

Resultados em 2018 e sonhos para 2019

A nadadora Luisa Marillac (Aquática Amazonas) recebeu três troféus: melhor atleta do ano da cat. Júnior II, atleta melhor ranqueada no Brasileiro Absoluto e também a homenagem como atleta recordista na cat. Absoluto, com o resultado obtido nos 50m borboleta. “Tô bem feliz. Esses três troféus foram a prova de que o trabalho está sendo bem realizado, de que está tudo certo, e agora é evoluir cada vez mais”, disse ela.

Este ano, Luisa alcançou grandes resultados, mas, ano que vem, ela quer conquistar ainda mais. “Tenho uma equipe multidisciplinar que trabalha comigo, vamos seguir juntos, e queremos conseguir ser melhor ainda do que neste ano, quero ir ainda melhor nos Jogos universitários (foi 6º lugar este ano), conseguir índice para o Maria Lenk, pro Finkel, não consegui por um centésimo, então, o foco serão essas competições, as mais importantes do Brasil”, disse.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.