Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
O astro Messi, não gostou nem um pouco de ser relacionado para o antidoping e perder a festa dos argentinos.
publicidade
publicidade

Craque

Messi fica chateado com exame antidoping após jogo da semifinal contra a Holanda

O craque da Seleção Argentina foi relacionado pela Fifa e perdeu a festa da classificação de sua equipe, promovida pela comissão técnica e jogadores no vestiário do Itaquerão


10/07/2014 às 11:45

Logo após a decisão por pênaltis que colocou a Argentina numa final de Copa do Mundo após 24 anos de espera. Dois agentes da Fifa foram responsáveis por convocar o astro dos “Hermanos”, o meia Messi para a sala de controle antidoping do estádio. O fato deixou o craque muito contrariado, ao ponto de discutir com os funcionários da entidade.

De cara fechada e sem dar uma palavra, o astro do Barcelona obedeceu ao chamado e seguiu para cumprir o regulamento. Deixando assim de participar da grande comemoração dos companheiros junto aos torcedores, e posteriormente, no vestiário da Arena Corinthians.


publicidade

Mais tarde, por meio de mensagem no facebook, Messi desabafou. “Tive que ir para o antidoping e não pude viver o momento no vestiário. Sinto-me orgulhoso de ser parte deste plantel. Que fenômenos são todos, que partida fizeram, que loucura! Estamos na final, vamos aproveitar! Falta apenas mais um passo!", escreveu o craque.

A Argentina agora, se prepara para enfrentar a Alemanha pela grande final da Copa, no domingo (13), no Maracanã, no Rio de Janeiro. A “Albiceleste” (apelido da Seleção Argentina) poderá conquistar seu terceiro título mundial.


publicidade
publicidade
Homem que matou vizinho em estância é condenado a 15 anos de prisão
Negociação com peritos só será retomada caso greve acabe, diz Governo do AM
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.