Terça-feira, 21 de Maio de 2019
Craque

Mineiro e paulista vencem Meia Maratona do Amazonas neste sábado, na Ponte do Rio Negro

Cobiçada pela boa premiação em dinheiro, a prova já está inserida como uma das mais importantes no calendário nacional



1.jpg
Corrida teve largada às 17h e quebra de recorde nas duas principais categorias
04/07/2015 às 22:10

Sob o forte calor manauara, compensado pela exuberante paisagem da Ponte do Rio Negro, competidores de várias partes do Brasil e de fora do País participaram da 4ª Meia Maratona do Amazonas e Corrida da Sejel neste último sábado (04), na Compensa, Zona Oeste de Manaus. Já inserida no calendário das grandes competições nacionais, a prova é a que melhor paga prêmios em dinheiros aos vencedores no Norte do Brasil.

Na categoria Elite Masculino, a prova de 21 km, quem levou o cheque de 3.500 reais para casa foi o mineiro Valdir Sérgio de Oliveira, que quebrou o recorde da prova com o tempo de 1h09min47seg, numa disputa final apertada com o maranhense Adelson Alves, logo atrás com o tempo de 1h09min51seg. No terceiro lugar, ficou o rondoniense radicado em Manaus Juarez Rosa; em quarto, o paraense Fabiano Gomes e, em quinto, Evandro Gomes, do Acre.
Na categoria Elite Feminino, outra quebra de recorde.

A paulista Roselaine Souza fez o melhor tempo, com a marca de 1h21min14seg. A paraense Rison ete dos Santos; e em terceiro a também paraense Elivane dos Santos. Representando o Amazonas, Irene Gonçalves chegou em quarto e Jéssica Santos, em quinto. A campeã da prova, Roselaine, que também faturou 3.500 com o prieiro lugar, falou sobre a vitória e a importância da competição manauara no calendário nacional.

“É sempre bom (vencer), e muito importante para minha preparação para o Mundial no mês que vem, em Pequim (China)”, que elogiou também a paisagem do Rio Negro. “Na hora que eu passei e vi (a paisagem), caramba, é emocioanten”, revelou.

Já o campeão na elite masculina, na hora da chegada, não sabia que tinha feito o menor tempo da história da prova e só veio descobriu através dos organizadores da competição. “Pensei que o tempo era um pouco mais baixo, mas relamente aqui não tem como correr mais forte que isso, o horário, o calor, o percurso duríssimo, mas a organização da prova supera isso”, elogiou o atleta do Cruzeiro.

Na Corrida da Sejel (prova de 7km), destaque para o campeão da Elite Masculino Leandro Silva da Costa, baiano radicado em Manaus e Gari por profissão. A paraense Franciane dos Santos venceu no Feminino. Na categoria Deficiente Visual, venceu Nelson dos Santos no Masculino, mas merece destaque ainda maior a jovem Josimara Andrade, de 21 anos e natural de Maués, que venceu a categoria DV Feminino com oito minutos de diferença da segunda colocada e, junto à família, se emocionou muito na hora da chegada.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.