Publicidade
Esportes
Craque

Mudado, São Paulo vence o São Caetano em jogo atrasado e sobe para segundo no Paulista

O time visitante começou melhor e não demorou a abrir o placar. Logo aos 13min, Luis Fabiano balançou a rede após bela jogada individual de Osvaldo, que deixou o camisa 9 de frente para o gol 28/02/2013 às 15:23
Show 1
Rogério Ceni comemora gol do São Paulo
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

Luis Fabiano passou os últimos dias um pouco calado, mais do que a torcida está acostumada a ver. Talvez fosse pela falta de gols, já que último havia sido diante do Bolívar-BOL, no dia 30 de janeiro. Mas vida de atacante é assim. Tem dia que a bola não entra. Mas, artilheiro que é artilheiro, sabe como poucos o caminho da glória e do sucesso.

O atacante voltou a ser Fabuloso na noite desta quarta-feira. No Anacleto Campanella, o camisa 9 são-paulino desencantou e fez dois gols na vitória sobre o São Caetano por 4 a 2, em jogo remarcado da segunda rodada do Campeonato Paulista. Maicon e Aloísio completaram o triunfo tricolor.

Com os dois gols, Luis Fabiano passou Jadson (tem cinco) e reassumiu o posto de principal artilheiro da equipe na temporada com seis. Atuação que colocou o Tricolor na vice-liderança do Estadual com 16 pontos, dois a menos que a Ponte Preta, mas também com uma partida a menos.

DOIS PRA CADA LADO

O técnico Ney Franco entrou em campo com uma novidade na escalação da equipe titular. O volante Wellington perdeu a posição para Maicon, que completou o meio de campo ao lado de Denilson, Jadson e Paulo Henrique Ganso. O primeiro tempo foi muito bem disputado e ambas as torcidas viram em campo quatro gols.

Quem começou balançando as redes foi o São Paulo. Aos 13 minutos da etapa inicial, o atacante Osvaldo cruzou da esquerda para Luis Fabiano, que não perdoou e abriu o placar no Anacleto Campanella. Dois minutos depois, Maicon arriscou da entrada da área e, por muito pouco não ampliou.

No entanto, em dois gols relâmpagos, aos 24 e 25 minutos, o São Caetano virou a partida com Danielzinho e Jobson. O Tricolor seguiu apostando na velocidade de Osvaldo, que infernizou a zaga adversária pela esquerda. Aos 45 minutos, o camisa 17 repetiu a dose, tocou para Maicon, que chutou e contou com um desvio na zaga para deixar tudo igual no duelo.

FABULOSO DECIDE

No começo do segundo tempo, a torcida são-paulina até gritou gol, mas a bomba de Luis Fabiano balançou a rede, mas pelo lado de fora. Aos 18 minutos, Ney Franco fez as primeiras mudanças na equipe. Cortez e Maicon saíram para as entradas de Carleto e Wellington, respectivamente.

E quando as coisas estão complicadas, os grandes jogadores aparecem para decidir. Aos 27, Luis Fabiano roubou a bola no campo de defesa e construiu a jogada, que terminou com o camisa 9 invadindo a área do São Caetano e tocando na saída de Fábio para virar o jogo para o Tricolor e fazer seu segundo gol na partida.

Aos 34 minutos, Paulo Henrique Ganso, elogiado pela torcida, deixou a partida para a entrada de Aloísio. No final da partida, Luis Fabiano poderia ter marcado o terceiro, mas preferiu tocar para Osvaldo. No entanto, a zaga do adversário afastou. Só não conseguiu evitar o gol de Aloísio, que deu números finais ao jogo.

REAPRESENTAÇÃO

O elenco são-paulino voltará a treinar na tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda. No próximo sábado, no Estádio do Morumbi, o Tricolor enfrentará o Linense, também pelo Campeonato Paulista.

Publicidade
Publicidade