Sábado, 17 de Agosto de 2019
COPA VERDE

Na Arena da Amazônia, Fast tem difícil missão de reverter vantagem do Ypiranga-AP

Fast, do técnico Darlan Borges, busca reverter derrota por 3 a 0 para seguir na Copa Verde



zCR0208-11_p01_F7C1A81C-1726-4E9D-97EF-84763B4AA898.jpg Foto: Junio Matos
01/08/2019 às 07:28

O Fast não vive seus melhores dias na Copa Verde, o Tricolor decide a classificação para as oitavas de final, contra o Ypiranga-AP, após sofrer três gols e não marcar nenhum na casa do adversário. O jogo decisivo acontece hoje (1º), na Arena da Amazônia, às 20h. 

Na bagagem, o Rolo Compressor  trouxe do estádio Zerão uma grande desvantagem para Manaus, porém conta com novos jogadores para mudar o panorama do confronto. 

Em treino realizado na tarde dessa quarta-feira (31), o técnico Darlan Borges usou os volantes Juninho e Vitinho, juntamente com o meia ofensivo Caíque, entre os titulares.

Os três atletas não estavam oficializados no Banco Informativo da Diário (BID) da CBF para a partida de ida. “São titulares, mas infelizmente por problemas burocráticos não caíram no BID”. Sobre o placar agregado, Darlan garantiu que é possível reverter a situação do Rolo Compressor. “Vamos partir pra cima, pressionar desde o começo. Fazer de tudo para fazer um gol logo no início e mudar a história do jogo” completou. 

O jovem Caíque, de apenas 20 anos, comentou sobre a difícil missão de sua equipe. “Não é impossível, nosso time é bem qualificado, pretendo ajudar com passes e gols” afirmou.

Para Juninho, com 32 anos, a experiência pode ser um fator crucial na organização do meio campo do Fast Clube. “Nosso time pecou na postura no primeiro jogo, vou agregar com experiência, poder posicionar os meninos e dar orientação para os que estão subindo agora no profissional. Jogando por um resultado de 4 a 0, o extra campo, o vestiário contam muito” declarou o volante.

No Tricolor de Aço desde a categoria Sub-20, Vitinho está treinando com os profissionais há duas semanas, mas garante que o entrosamento com os companheiros está em dia. “A adaptação foi tranquila, joguei a Copa do Brasil Sub-20 e consegui subir (time profissional). Espero amanhã poder fazer um bom jogo, vou dar meu máximo para reverter esse placar e sair com um resultado bom para o nosso time” disse.

O Ypiranga-AP treinou durante a tarde de quarta-feira (31), no CT do Nacional e realizou apenas atividades leves. 

Receba Novidades

* campo obrigatório
News whatsapp image 2019 06 21 at 16.12.51 7cbfadd4 8d2b 47cf a09e 336b83276e71
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.