Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
"Guerra de orações" já começou. Papa Francisco e o papa emérito Bento XVI.
publicidade
publicidade

Craque

Na “Final dos Papas”, Francisco promete não rezar pela Argentina

A grande decisão do Mundial no Brasil está mexendo até com o Vaticano. Por conta da nacionalidade argentina do atual pontífice e seu antecessor, que é alemão


11/07/2014 às 10:09

Papa Francisco versus o papa emérito Bento XVI. A “guerra de orações” já começou, pelo menos é o que pensam os fanáticos torcedores mundo afora. A final da Copa do Mundo entre as seleções de Argentina e Alemanha está sendo chamada nas redes sociais de a “Final dos Papas”. De acordo com o Vaticano é improvável que os pontífices se encontrem para assistir a partida juntos.

Ambos os pontífices nunca esconderam seu gosto pelo futebol. O argentino papa Francisco, torcedor do San Lorenzo, de Buenos Aires, – que inclusive recebeu a delegação do clube em 2013 - disse que não rezaria pela Albiceleste (apelido da Seleção da Argentina) na final do torneio. Mas que deve acompanhar o jogo pela televisão.


publicidade

Para o papa emérito Bento XVI, que é alemão, e torcedor declarado do Bayern de Munique, as impressões sobre o final do torneio ficaram escondidas pelos corredores da capital da fé católica. Em 2012, a diretoria do time bávaro, lhe ofereceu o título de membro honorário do clube.

Preferências à parte, o certo é que um empurrão divino não fará mal a nenhuma das equipes que se enfrentam na tarde do próximo domingo (13), no Macaranã. Por ora, no Vaticano, aquela máxima que diz que futebol e religião de se misturam, deve ser deixada de lado.


publicidade
publicidade
Negociação com peritos só será retomada caso greve acabe, diz Governo do AM
PC procura autor do disparo que matou lutadora de jiu-jitsu no Japiim
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.