Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
Amazonas Bowl

Na Vila Olímpica, Tarumã Broncos vence Manaus Raptors por 51 a 14

Com ampla vantagem e sem sustos, Tarumã Broncos vence os Raptors, na Vila Olímpica de Manaus, na estreia do equipe no Amazonas Bowl, por 51 a 14



zCR0417-01_p01.jpg (Foto: Winetou Almeida)
16/07/2017 às 23:02

“A gente treina no inferno para jogar no céu. E hoje foi o céu”. Este foi o resumo que o quarterback do Tarumã Broncos, Talyson Bisneto, fez após a vitória de 51 a 14 sobre o Manaus Raptors, na estreia da equipe no Amazonas Bowl.
Os destaques da partida, além do QB dos Broncos foi o running back (corredor), Borel, que anotaram dois touchdowns cada. 

Boa parte da vantagem do atual vice-campeão amazonense foi construída no início da partida. Os Raptors tiveram muitos erros de execução das jogadas e os Broncos se aproveitaram dessas falhas. Talyson abriu o placar logo no início do primeiro quarto e a conversão de dois pontos abriu 8-0 de vantagem. Vaz aumentou a vantagem com mais um TD e ainda no primeiro quarto, a vantagem do time laranja chegou a 22 a 0.

Foi aí que os Raptors começaram a reagir. Pedro fez o primeiro TD do time e o extra point deixou o placar em 22 a 7. Na posse de bola dos Broncos, Gigante interceptou o passe de Talyson trazendo a posse novamente para a equipe, que culminou com o TD de Ben 10, diminuindo a diferença no placar que ficou em 22 a 14. Parecia que tinha começado a reação dos Raptors. Só parecia porque os Broncos trataram de marcar mais um TD e a partir daí, só deu Broncos, que no segundo tempo fizeram mais três touchdowns para selar a vitória na partida de estreia.

“A gente estava diferente do ano passado, que vinha com o time formado e este ano, nós viemos com muitas mudanças, mas aí trabalhamos bastante. Graças a Deus, as coisas estão dando certo. O Raptors é um time novo, que está começando agora, ainda tem algumas falhas para serem corrigidas. Assim como  gente, que errou bastante durante o jogo, mas soubemos aproveitar as falha deles e conseguiu criar esse resultado amplo”, disse o running back, Borel.

Do lado dos Raptors, o técnico Ygor Martins, destacou a eficiência do adversário. “A gente falhou umas cinco ou seis vezes, em uma jogada boas que eram de TD, ou de pontuação. Eles tiveram as mesmas chances que nós, a diferença é que eles foram muito mais eficientes que a gente. Têm um time muito mais experiente e jogadores que são indubitavelmente. A nossa defesa jogou em um nível que dá para jogar atualmente e não deu muito para competir com o ataque deles que era muito bom”, avaliou.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.