Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Craque

Naça empata sem gols, garante jogo de volta e pode eliminar o Bahia em caso de empate com gols

As equipes voltam a se encontrar no dia 16 deste mês na Arena Fonte Nova, em Salvador. Um empate com gols garante o time amazonense na segunda fase. Um novo 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Uma vitória simples garante o Tricolor da Boa terra na próxima fase.


03/04/2015 às 00:42

A primeira partida de ida da Copa do Brasil do Nacional contra o time misto Bahia não passou de um empate sem gols, na noite de ontem no estádio da Colina.

Com pouca criação de jogadas, o Leão escapou de sofrer um placar adverso dentro de casa, e teve ainda quer superar a contusão do principal jogador, Wanderley, ainda no  primeiro tempo.

As equipes voltam a se encontrar no dia 16 deste mês na Arena Fonte Nova, em Salvador. Um empate com gols garante o time amazonense na segunda fase. Um novo 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Uma vitória simples garante o Tricolor da Boa terra na próxima fase.

Naça foi pra cima

O Leão não se importou em estudar o jogo do adversário e partiu para o ataque. No primeiro minuto, Peter tratou de levar a equipe ao ataque, depois. O volante Bruno Potiguar, atuando mais na frente, tinha a missão de servir  Wanderley, que deu trabalho e marcado não conseguia concluir em gol.

No contra-ataque, aos dois minutos Rômulo tentou um chute em cobrança de falta e Rodrigo defendeu sem dificuldades. O Nacional voltou a atacar novamente com  Potiguar que também caia pela direita e num cruzamento para a área encontrou João Rodrigo que amorteceu com a coxa, deixando a bola para a defesa adversário. O Bahia apostava na velocidade, e aos cinco minutos Gustavo Blanco arriscou um chute que passou por cima do gol.

Num ritmo frenético, o Nacional voltava ao ataque e o Bahia apostava nos contra-ataques. Aos seis, Wanderley recebeu na área e arriscou num chute que parou nas mãos do goleiro. No minuto seguinte foi a vez do time baiano arriscar num escanteio de Rômulo, que quase marcou um gol olímpico.

O Nacional investia com Peter, Bruno e Fininho, mas a defesa falhava em por pouco o Bahia não marcou com Zé Roberto, que aproveitava os passes errados do Nacional, que por sua vez criava, mas sem levar muito perigo. O Leão ainda perdeu atacante Wanderley, aos 30 minutos, com suspeita de uma entorse no joelho e foi substituído por Leonardo.

Na segunda etapa o Bahia chegou com mais perigo, mas não contava com as boas defesas de Rodrigo Ramos.

 O Leão ainda teve a entrada de Hyantony no lugar de Bruno Potiguar, mas pouco ajudou.

As boas oportunidades para o Naça foram depois dos 25. Na primeira Lídio chutou forte na trave. Aos 37 foi a vez de Fininho  hutar forte por cima do gol, após passe de Leonardo e aos 41 Lídio testou de cabeça para a defesa de Douglas.

publicidade
publicidade
Incêndio atinge UBS no Zumbi 2 e atendimento está suspenso nesta segunda (22)
População de Manaus aumentou em 1,6 milhão após criação da Zona Franca
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.