Publicidade
Esportes
Com 'D' de derrota

Naça estreia com derrota para o Genus no Brasileirão da Série D

O Leão da Vila Municipal vacilou no final do jogo e perdeu por 1 a 0 para o representante do Rondônia. 12/06/2016 às 21:04
Show genus
Com gol solitário de Pemaza, o Naça saiu do estádio Aluizão com derrota na estreia da Série S 2016. (Foto: Divulgação/Nacional)
Denir Simplício Manaus (AM)

O Nacional não começou bem sua caminhada rumo ao acesso à Série C 2017. O Leão da Vila Municipal esteve ontem no estádio Aluízio Ferreira de Oliveira, o Aluizão, em Porto Velho, e caiu diante do Genus por 1 a 0. O atacante Pemaza saiu do banco de reservas no segundo tempo e com apenas dois minutos em campo marcou o gol da vitória do “Aurigrená da Capital” sobre o time amazonense.

O resultado só não deixou o Naça na laterna do Grupo A1 do Brasileirão da Série D porque o Trem, do Amapá, foi goleado por 4 a 2 pelo Atlético-AC e o saldo negativo empurrou o time amapaense para a última posição da chave. Na próxima rodada, o Leão recebe o Atlético do Acre, na Arena da Amazônia, enquanto o Genus vai até o estádio Zerão, em Macapá, duelar com o Trem-AP.

Do banco pro Gol

Escalado com Tom, Osvaldir, Tiago Bernardi, Roberto Dias, Alex, Carlinhos, Tiago Ulisses, Charles, Esquerdinha, Malaquias e Nonato, o time comandado pelo técnico Vagner Benazzi mostrou pouca evolução em relação aquele que empatou em 2 a 2 com o Princesa do Solimões, em amistoso preparatório para a principal competição da temporada para o Leão.

Por outro lado o Genus também não foi uma equipe de encher os olhos. As melhores chances de gol no 1º tempo aconteceram pelos pés de Jean,que aos 28 minutos driblou a defesa do Naça, mas foi desarmado por Tiago Bernardi. No outro lance de perigo, Jean, aos  40min,  acertou o travessão do goleiro  Tom.

Já no segundo tempo a partida foi mais movimentada. Atuando em casa, o Genus esboçava sair mais pro ataque. No entanto, foi o Naça quem chegou com mais perigo. Aos 17min, Charles invade a área e fuzila para a meta do goleiro Tiago Rocha qe apenas observa a bola resvalar na trave. Tentando movimentação na frente, Benazzi promove a entrada de Raílson na vaga de Malaquias. Apagado no jogo e constantemente flagrado em impedimento, Nonato é sacado para a entrada de Tiago Verçosa, que logo no primeiro lance perde gol de cabeça. 

Aos 35min, o Genus o treinador interino Guido Quêtto promoveu a alteração que mudaria a partida a favor do Genus. O atacante Pemaza entrou e dois minutos depois marcou o gol da vitória do Aurigrená.

Pemaza ainda desperdiçou duas ótimas chances de ampliar o placar mais esbarrou na falta de pontaria em uma e nas mãos do arqueiro Tom na outra. O Naça ainda tentou pressionar, mas sem forças e também sem tempo teve de se contentar com a derrota.
 

Publicidade
Publicidade